Blog do Bruno Voloch

31/01/2009

Natália brilhou novamente

A vitória do Osasco por 3 a 0 não foi zebra. Vamos com calma.

O placar para quem não viu o jogo pode dar uma interpretação errada. Foram dois sets muito apertados, o primeiro e o terceiro, mas Osasco teve mais controle emocional e aplicação tática, por isso venceu.

Sacou muito bem, a maior parte da partida, e discordo sobre o destaque do jogo. Adenízia esteve bem, mas Natália insuperável.

Natália vem mostrando a cada rodada, a cada clássico que está amadurecendo e é peça fundamental no esquema do treinador Luizomar de Moura.  

Digo e repito que o Rexona, mesmo perdendo, ainda é favorito ao título e Osasco que se prepara porque Bernardinho vai continuar colocando o time paulista como favorito.

Penso porém que dia 7 o jogo será diferente e não acredito que o Rio de Janeiro seja tão inconstante. 

Por Bruno Voloch às 15h32

O Rexona é favorito

Essa Bernardinho exagerou e sinceramente tudo tem limite.

Dizer que o Finasa é o favorito para o jogo de daqui a pouco em Osasco é demais.

Seu time é o líder isolado do campeonato, só perdeu uma partida e ganhou a maioria dos jogos que fez contra o adversário de hoje.

Mesmo jogando fora de casa o Rexona é favorito sim, os números mostram essa condição, além do time ter jogado com muito mais regularidade também.

Isso não significa dizer que o Finasa não tenha condição de ganhar, claro que sim, mas Bernardinho usa essa tática numa tentativa de jogar toda a responsabilidade de vitória para o Finasa.

Inteligente, sabe que a pressão em Osasco é muito grande e não é segredo para ninguém que qualquer outro resultado que não seja o título no fim da temporada, será motivo de uma reformulação total no elenco e na comissão técnica .    

Por Bruno Voloch às 10h19

Deu Cimed com justiça

Impecável.

Posso resumir dessa maneira a atuação da Cimed na vitória contra a Ulbra na última Sexta Feira.  

O treinador Marcos Pacheco foi muito feliz nas alterações especialmente no primeiro set quando colocou o levantador Joel e o oposto Jamelão em quadra. Seu time voltou ao jogo depois de ter perdido ótima vantagem e com a participação efetiva de Thiago Alves no bloqueio consegui vencer o set.  

O segundo set foi totalmente desequilibrado e placar de 25/13 anormal para o confronto .

O último set foi decidido em detalhes e ganhou o time mais regular.

3 a 0 merecido e justo.    

Por Bruno Voloch às 10h07

29/01/2009

Inovação no vôlei

A Federação Internacional de vôlei, deve inovar nas principais competições de 2009. A entidade analisou um sistema chamado de Sports Moles, que detecta quando a bola quica dentro ou fora da zona de jogo, a mesma utilizada nas competições de tênis em quadra rápida.

Após o quique da bola, o sistema envia a informação de dentro ou fora para o árbitro de cadeira e para os juízes da mesa de anotação, o que os ajuda a tomar a decisão.

O Sports Moles já vem sendo usado na Liga Italiana Masculina desde 2008.

Por Interação às 18h15

CEV deve mudar formato a partir de 2011

A Confederação Européia de Voleibol decidiu revisar o formato de disputa da Fase Final dos Campeonatos Europeus a partir de 2011, quando ocorrerá as disputas na Áustria/República Tcheca e Itália/Sérvia nos torneios masculino e feminino, respectivamente.

O formato adotado pela CEV é o chamado sistema Knock-out, ou seja, de jogos eliminatórios, como ocorre nos torneios de tênis, por exemplo. Na fase preliminar a disputa continua sendo por grupos.

A entidade também decidiu que o país-sede da fase final terá vaga garantida na Fase Final, a fim de evitar que o país seja eliminado na fase preliminar e possibilitar uma boa campanha de marketing local.

Por Interação às 18h14

27/01/2009

Virna é uma incógnita

Difícil opinar sobre o retorno de Virna ao voleibol de quadra.

Estive com ela em Pequim durante a Olimpíada no ano passado, trabalhamos juntos e jamais poderia apostar numa situação como essa.

Para mim "era página virada" e ela iria encarar no máximo mais um ano de praia apenas para se "divertir".

Virna tem uma história bonita no esporte e não acho que ela iria se sujeitar a entrar em quadra se não estivesse bem fisicamente. Com se diz na gíria, a parte técnica a gente "não se esquece".

Prefiro ver Virna atuando para depois poder dar minha opinião sobre o assunto.

O que posso dizer é que o Rexona ganha um importante reforço que pode contribuir e ajudar o time, mas não me parece que possa ser o ponto de desequilíbrio .

Por Interação às 18h48

25/01/2009

Natália brilha na vitória do Finasa

Não deu nem para a saída. Quem esperava uma vitória do São Caetano ou que o time pelo menos fosse resistir um pouco mais e realizar uma partida equilibrada, se enganou.

O Finasa venceu com extrema facilidade o clássico e segue firme rumo à decisão do terceiro turno, provavelmente contra o Rexona novamente.

Mesmo com quatro campeãs olímpicas em quadra, a jovem e habilodosa Natália roubou a cena, e com 19 pontos foi a melhor jogadora da partida.

Sheilla foi muito marcada e anotou apenas 7 pontos, muito abaixo da média. Não por culpa dela, e sim por causa da irregularidade da equipe que realmente não consegue jogar de igual para igual contra Finasa e Rexona.

O São Caetano investiu pesado para esse ano, mas corre sério risco de nem mesmo chegar entre os 4 primeiros.

Fica provado a cada dia, a cada jogo e a cada competição que não adianta ter elenco e nomes de peso se não houver o mínimo de organização e planejamento.     

    

Por Bruno Voloch às 17h26

Definidos os confrontos na Liga dos Campeões

Um sorteio na cidade na cidade de Vaduz, em Liechtenstein, definiu os cruzamentos das oitavas-de-final do torneio masculino da Liga dos Campeões da Europa.

O Dínamo de Moscou, do brasileiro Dante, vai jogar contra o Belchatow, atual campeão polonês. O Macerata da Itália, de Rodrigão enfrentará o Fenerbahce da Turquia.     

O Palma de Mallorca joga contra o Trentino, de Leandro Vissotto. Giba, destaque do Iskra Odisntovo, encara o Maaseik da Bélgica, enquanto os brasileiros Juliano e Idi do Friedrichshafen da Alemanha terão pela frente o Roeselare também da Bélgica.

As oitavas de final começam dia 11 de Fevereiro com a volta dia 18. As quartas são em Março e final four em Praga, na República Tcheca, no início de Abril.

Por Bruno Voloch às 09h41

Clássico no ABC

Hoje é dia de clássico no feminino. É nítida a evolução do time do São Caetano neste terceiro turno e a partida deste Domingo contra o Finasa vai mostrar se o São Caetano tem ainda condição de sonhar com o título ou deixará mesmo a briga para Finasa e Rexona.

O São Caetano joga em casa, está invicto esse ano e precisa vencer para se manter na liderança do grupo ao lado do Rexona, que derrotou o frágil Minas na última Sexta Feira em Belo Horizonte por 3 a 0. 

À conferir ...    

Por Bruno Voloch às 09h06

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.