Blog do Bruno Voloch

07/02/2009

Fernandinha na seleção brasileira

Tive acesso as imagens do jogo entre o Busto Arsizio e o Monte Schiavo Jesi pelas quartas-de-final da Copa Itália.

De virada por 3 sets a 2, parciais de 26-28, 25-19, 25-21, 22-25 e 18-16, o Busto Arsizio venceu e se classificou para as semifinais onde enfrentará o Pesaro.

A levantadora Fernandinha foi eleita a melhor em quadra. De fato Fernandinha está jogando muito bem, com personalidade, criatividade e muita segurança.

Sei dos planos de renovação do treinador José Roberto Guimarães, mas me parece incoerente e ele está ali do lado, não dar uma oportunidade para Fernandinha estar no grupo.

Pelo que ela está jogando poderá ser muito útil na seleção e Fernandinha tecnicamente não está atrás de Carol, muito menos de Dani Lins e Ana Tiemi.

Zé, estou de olho !

Por Bruno Voloch às 09h04

Cimed, com inteira justiça.

Tenho certeza que nem o mais otimista catarinense poderia esperar um 3 a 0.

Mas foi justo. Considero que a vitória por 29/27 no primeiro set tenha sido determinante na partida.

Diferente dos jogos anteriores, o Minas sentiu demais o desfalque de André Nascimento. Mesmo assim ficou a sensação de que o Minas poderia ter dado algo a mais e equilibrado a decisão.

Nada porém que tire os méritos da Cimed, que conquistou o terceiro turno de forma legítima.

Por Bruno Voloch às 08h56

06/02/2009

Galo pensa em voltar ao vôlei

Se no futebol as coisas não andam como deveriam, afinal o time ocupa apenas a sétima colocação no campeonato, o torcedor do galo pode ter em breve novidades longe dos gramados.

O clube, através do diretor-executivo Bebeto de Freitas, pensa em formar uma equipe de vôlei talvez até para a próxima temporada. Bebeto já teria conversado e adiantado o assunto com o Presidente Alexandre Kalil.

O Atlético sempre teve grande tradição no esporte especialmente na década de 80 onde formou ótimas equipes conquistando inúmeros títulos e revelando jogadores.

A diretoria busca ajuda financeira e parceiros. A Ulbra inclusive já teria demonstrado interesse.  

Vale ressaltar que recentemente o Cruzeiro fez parceira com a Sada e está jogando a atual Superliga, o que certamente deve ter sido fator importante e ter tido muito peso,  para que os profissionais do galo voltassem a pensar em investir no esporte .   

  

Por Bruno Voloch às 14h16

05/02/2009

Está chegando a hora

Cresce a expectativa para a decisão do terceiro turno da Superliga Feminina.
 
Sábado em Osasco, Finasa e Rexona voltam a se enfrentar. Muita gente tem me perguntado se o fator quadra é capaz de dar o favoritismo ao Finasa.
 
Sinceramente acho que não. São equipes muito equilibradas, se conhecem demais, com jogadoras experientes e que dificilmente se deixam levar pela torcida.
 
Treinar a semana inteira no ginásio em que será realizada a partida é sem dúvida alguma uma grande vantagem.
 
Tirando a decisão de alguns anos atrás quando Zé Roberto dirigia o Finasa e fez 3 jogos a zero no Rexona de Bernardinho, não me recordo da última vez que o Rexona tenha perdido duas vezes seguidas para o Finasa.
 
O Rexona me perece melhor preparado emocionalmente para decidir, especialmente quando o adversário é o Finasa.

Por Interação às 11h38

04/02/2009

Giba pode estar voltando ao Brasil

Giba está muito perto de voltar ao vôlei brasileiro. O jogador mantém contato praticamente toda semana com os representantes da Cimed e as negociações estão bem adiantadas.

Embora ainda tenha um ano de contrato com o Iskra Odisntovo da Rússia, líder do campeonato, Giba já manisfestou desejo de retornar ao Brasil e comunicou aos dirigentes do clube russo.

Ano passado, em função do valor da multa contratual, não houve acordo entre as partes, mas dessa vez o Iskra admite que dificilmente vai conseguir segurar o atleta que está fora do Brasil há 8 anos.

Por Interação às 10h45

01/02/2009

Ninguém segura o Pesaro na Itália

Impressionante a campanha do Pesaro na Itália. Hoje a equipe comandada por José Roberto Guimarães conseguiu a 17ª vitória seguida .

Na classificação geral, o Pesaro abriu simplesmente dez pontos para o Bergamo, vice-líder.

Atuando diante da torcida, o Pesaro fez 3 a 0 no Busto Arsizio parciais de 25-17, 25-20, 25-15.

Destaque novamente para a incrível argentina naturalizada italiana Costagrande, com 17 pontos . Jaqueline, ponta brasileira, fez 10 .

A levantadora Fernandinha, cotada para a seleção brasileira, teve atuação discreta defendendo o Busto Arsizio.

 

Por Bruno Voloch às 21h51

Larissa sabe o que está fazendo

Coerente a decisão de Larissa em convidar Sandra Pires para jogar com ela as duas primeiras etapas do circuito brasileiro.

Acontece que ninguém pode garantir, nem os médicos, que Juliana voltará mesmo a jogar em Março, por isso periga a dupla atuar em mais de duas etapas.  Acho até bem provável que venha a acontecer.

Sandra é experiente, parceira, está em forma aos 35 anos de idade e tem espírito semelhante ao de Larissa.

Fora isso Sandra tem o estilo de jogo muito parecido com o de Juliana.

Mas Sandra deve pensar bem o que fazer da vida e se a proposta for mesmo verdadeira, deveria optar em jogar no Estados Unidos após o mês de Março. Com tantos títulos na bagagem, medalhas olímpicas e respeito mundial, Sandra tem tudo para brilhar na AVP.      

Por Bruno Voloch às 15h19

Destaques da Liga dos Campeões

A CEV divulgou a lista dos melhores jogadores da primeira fase da Liga dos Campeões que é transmitido ao vivo pelo Bandsports.

Para surpresa geral só um brasileiro, Thiago Rey, aparece na lista. Eis os demais destaques na Liga masculina :

Melhor bloqueador: Diego German Stepanenko (Portol Palma MALLORCA)
Maior pontuador: Marcus Nilsson (Iraklis THESSALONIKI)
Melhor sacador: Lloy Ball (Zenit KAZAN)
Melhor passe: Juan Contreras Cano (Portol Palma MALLORCA)
Melhor atacante: Thiago Rey (VITORIA SC)

Na Liga feminina :

Melhor bloqueadora: Yevgeniya Dushkyevich (Colussi Sirio PERUGIA)
Maior pontuadora: Mirka Francia Vasconcelos (Eczacibasi Zentiva ISTANBUL)
Melhor sacadora: Agnieszka Bednarek (Farmutil PILA)
Melhor passe: Silvija Popovic (Postar 064 BEOGRAD)
Melhor atacante: Maja Poljak (Türk Telekom ANKARA)

 

Por Bruno Voloch às 08h48

São Bernardo pode ainda sonhar

São Bernardo fez sua parte.

Com a vitória de 3 a 1 sobre Bento Gonçalves, o time segue sonhando em jogar a decisão do terceiro turno contra a Cimed. 

O jovem Isac, revelado nas categorias de base do clube, substituiu Michael e foi bem novamente.

Filipe e Bob regulares como sempre e Marlon com a precisão habitual.   

Para decidir o turno, São Bernardo não depende de seus próprios resultados. Fundamental era a vitória contra o Bento e agora o time precisa que a Cimed derrote o Minas em Belo Horizonte nesta Segunda Feira.

Se isso acontecer, o São Bernardo decide o terceiro turno contra os próprios catarinenses no fim da semana que vem em Florianópolis.    

Por Bruno Voloch às 08h42

São Caetano passa sufoco em Recife

Com o devido respeito que o Sport/Recife merece, o jogo do último Sábado foi a prova definitiva de que o São Caetano não chegará longe nessa Superliga.

Sem poder contar com as levantadoras Ana Cristina, que não chegou a viajar com a equipe devido a uma inflamação de garganta e Fofão que entrou pouco, Camila Torquete foi a titular a maior parte da partida.

Não se pode jogar na terceira levantadora a responsabilidade, mas fazer 3 a 2 contra o Sport mostra toda a fragilidade e a irregularidade do São Caetano.   

Assim mesmo, não fosse a noite inspirada de Mari e Sheila, que juntas fizeram 38 pontos a coisa poderia ser pior.

Destaco ainda Talita do Sport, que entrou e fez 15 pontos na partida.

Se fosse um pouco mais "rodado" o Sport venceria a partida, mas sentiu nitidamente a pressão no quinto set. 

    

Por Bruno Voloch às 08h24

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.