Blog do Bruno Voloch

10/04/2009

Deu São Bernardo, deu Marlon .

Eu não acreditava, confesso. Mas gostei, admito.

É fácil falar do lado de fora, mas como jornalista a gente tem o prazer de ver a decisão sempre chegar no último jogo.

E será assim.

São Bernardo merecia vencer por 3 a 0. Não fosse um pouco de nervosismo o time também teria ganho o primeiro set que dominou desde o início, mas o bloqueio da Cimed foi mais efetivo.

Bob e Filipe se destacaram no segundo set e São Bernardo venceu com "relativa" facilidade por 25 a 21.

O levantador Marlon "arrebentou" com o terceiro set. Sacou muito bem, foi eficiente na distribuição das bolas, rápido e "matou" o bloqueio da Cimed.

No quarto set a Cimed chegou a ter o jogo nas mãos, mas não soube fechar. Faltou capricho e competência. Lucão fez sua parte no bloqueio, mas os atacantes falharam demais e o São Bernardo se aproveitou para virar a partida.

Ganhou merecidamente e empatou a série. Bob foi o maior pontuador com 26 pontos, mas Marlon o melhor da partida.

Bernardinho demorou, mas acertou ao convocar Marlon para a seleção. Ele mostrou que será muito útil. 

Por Bruno Voloch às 11h04

Itália marca partida amistosa para ajudar vítimas do terromoto

A federação Italiana confirmou uma partida amistosa para ajudar as vítimas do terremoto.

O jogo será realizado no dia 15 de Abril em Verona.

O Lanza Verona da série A1 jogará contra uma seleção de astros da Liga que terá como treinador Andrea Anastasi e como assistente Andrea Gardini.

Toda renda ou alimentos recebidos serão doados à Defesa Cívil que está organizando a ajuda as vítimas do terromoto que assolou a cidade de L'Aquila, na região central, na última Segunda-Feira dia 6.

Por Bruno Voloch às 10h52

07/04/2009

Dínamo Moscou termina como líder a primeira fase

O Dínamo de Moscou terminou a fase de classificação do campeonato russo na primeira colocação.

O time de Kirilova e Gamova derrotou na última rodada o Balakovskaya por 3 a 0 e fechou a campanha com 46 pontos, seis a mais que o Odintsovo.

O adversário do Dínamo nas quartas de final será o Leningradka da holandesa Ingrid Visser e da cubana Ana Fernandes.

O Odintsovo de Walewska e Sokolova jogará contra o Indesit, sétimo colocado.

Nos outros jogos das quartas de final o Uralochka, terceiro colocado enfrentará o Tekhnolog, que ficou em sexto e o Spartak Moscou pega o Samorodok. 

 

Por Bruno Voloch às 19h10

Alan Knipe é o novo técnico dos Estados Unidos

A equipe masculina dos Estados Unidos já tem novo treinador: Alan Knipe

Ele vai substituir o neozelandês Hugh McCutcheon que comandará a seleção feminina até a Olimpíada de Londres em 2012.

Alan tem 40 anos e foi formado na Universidade de Long Beach onde esteve nos últimos 9 anos.

O novo técnico estréia na Copa Pan-Americana em Junho na cidade de Colima no México.

Na Liga Mundial os Estados Unidos fazem a estréia dia 14 contra a Holanda.       

Por Bruno Voloch às 11h41

Apenas uma vaga em jogo na liga italiana

O Pesaro segue líder isolado do campeonato italiano.

O time dirigido por José Roberto Guimarães derrotou no último fim de semana o fraco Conegliano por 3 a 0. Jaqueline fez 9 pontos.

Nos demais resultados a supresa ficou por conta da derrota do Bergamo, já comentada no Blog, para o Chieri por 3 a 2. O Chieri é apenas o penúltimo colocado com 19 pontos.

O Perugia derrotou o Cesena por 3 a 0, o Novara repetiu o placar contra o Pavia, enquanto o Sassuolo ganhou do Jesi por 3 a 1.

Em Santeramo, o Castellana Grotte venceu por 3 a 0 o time da casa com 8 pontos de Elizangêla e 8 pontos de Soninha.

Fechando a rodada o Arsizio bateu o Vicenza por 3 a 0 com 5 pontos de Fernandinha.

O Pesaro é líder com 67 pontos, Novara tem 59, Bergamo 58, Jesi 46, Arsizio 46, Perugia 41, Sassuolo 39 e Conegliano 37.

Essas equipes seriam hoje as classificadas para as quartas de final da Liga.

Com 35 pontos o Castellana Grote ainda tem remotas chances de se classificar, mas depende de outros resultados.

O Vicenza com 10 pontos está matematicamente rebaixado.      

Por Bruno Voloch às 11h29

Piacenza está quase na semifinal da Liga Italiana

O Piacenza está perto de se classificar para as semifinais da Liga Italiana.

No segundo jogo da série contra o Perugia, o Piacenza de João Paulo Bravo, fez 3 sets a 1.

No Perugia jogam os brasileiros Renato Felizardo e Danilo. Renato esteve bem anotando 11 pontos.

O terceiro jogo será nesta Quinta em Perugia. O Piacenza precisa de uma vitória simples para chegar as semifinais.      

Por Bruno Voloch às 11h16

06/04/2009

Jornal italiano faz ironia com Dunga e Bernardinho

O título da Champions League ganho pelo Trentino continua rendendo assunto nos jornais italianos.

O jornal "La Gazzetta dello sport" fez uma comparação dos técnicos Dunga e Bernardinho.

Segundo o jornal, assim como Dunga, Bernardinho tem um ótimo material humano nas mãos, mas as vezes não sabe aproveitar. 

Dunga, segundo o jornal,  não convoca Amauri da Juventus e deixa de chamar outros brasileiros que se destacam pelo mundo à fora.

Bernardinho, diz " La Gazzetta ", tem a partir de hoje a obrigação de convocar para a seleção brasileira que vai jogar a Liga Mundial o atacante Leandro Vissoto. 

Leandro foi um dos destaques da conquista inédita do Trentino. Os italianos não conseguem entender como Leandro, que chegou a ser chamado ano passado,  não é titular da seleção brasleira.

Fora isso, o jornal ainda lembra que Ricardinho do Treviso está fora da seleção por ter brigado como Bernardinho. 

Por Bruno Voloch às 06h23

Bergamo perde e cai para terceiro lugar no italiano

Zebra no campeonato italiano.

O Chieri, penúltimo colocado, derrotou o Bergamo, até então vice líder por 3 sets a 2.

Mesmo com o resultado positivo, o Chieri segue nas últimas colocações com apenas 19 pontos e dificilmente escapará do rebaixamento.

O Bergamo teve um prejuizo bem maior. Com a derrota, o atual campeão da Champions League, caiu para o terceiro lugar por causa da vitória do Novara sobre o Pavia por 3 a 0.     

Uma vez mais Ortolani e Piccinini foram as maiores pontuadoras.

O Pesaro de José Roberto Guimarães, ainda é o líder isolado. 

Por Bruno Voloch às 05h53

05/04/2009

Brasileiros são campeões da Champions League

O Trentino da Itália é o legítimo campeão da temporada 2008/2009 da Champions League Masculina.

Na decisão realizada em Praga, o Trentino derrotou o Iraklis da Grécia por 3 sets a 1 com parciais de 25/21, 21/25, 26/24 e 25/22.

No Trentino jogam os brasileiros Leandro Vissoto e Riad. 

Leandro terminou a partida como maior pontuador anotando 21 pontos. Riad fez apenas 5.

O búlgaro Kaziyski, companheiro de Leandro, foi eleito o melhor jogador da Champions League.  

O maior pontuador do torneio foi o alemão Schops do Odintsovo da Rússia. Lebl do Macerata, melhor atacante.

Winiarski do Trentino foi o melhor bloqueador, Birarelli (Trentino) acabou como mehor sacador e Aleksander Butko do Odintsovo melhor levantador e seu companheiro de time, Verbov, eleito o principal líbero do torneio.

Com Giba e Rodrigão em quadra, na disputa pelo terceiro lugar, o Odinstovo da Rússia derrotou o Macerata da Itália por 3 a 2 e ficou com o bronze.


Por Bruno Voloch às 20h27

Rio de Janeiro errou feio na estratégia

Escrevi em minha coluna no Jornal do Brasil na última Quinta Feira que achava que o Rio de Janeiro havia cometido um grave erro ao decidir jogar a primeira partida contra o Brusque fora de casa.

Podem olhar, www.jb.com.br, edições anteriores, esportes, do dia 2/4/2009. 

Posso ter minhas opiniões e vou seguir minha linha de pensamento. Sou pago para isso.

Lógico que iria comentar sobre a Superliga Feminina e a vitória de Brusque, não poderia deixar passar em branco.

Acontece que jogar em casa a primeira partida seria o lógico, pois representaria ter a torcida ao lado, a possibilidade de fazer 1 a 0 numa semifinal e deixar a pressão toda para o adversário.

Fazer como a Cimed e o Finasa fizeram em jogos e vitórias apertados no primeiro jogo que talvez não fossem possíveis se jogassem fora de casa.

As comissões técnicas sabiam do risco que representaria jogar fora e optaram corretamente em jogar em casa. O regulamento pemite escolher, então porque abrir mão dessa vantagem.

Falando de Brusque, primeiro não esperava que o time eliminasse o Pinheiros.

Fez e calou muita gente, inclusive esse jornalista que aqui escreve.

Mas é preciso elogiar o trabalho do treinador Maurício Thomas e das jogadoras.

O time sabe que está com os dias contatos, mas mesmo assim as jogadoras mostraram um profissionalismo acima da média, capaz de dar inveja em muita gente ligada ao futebol.  

1 a 0 contra o Rio de Janeiro diz muito.

Ganhar do favorito, muita moral , confiança e jogar um pouco da responsabilidade para o Rio de Janeiro que jogará sob pressão pela primeira vez na Superliga.

Risco ao meu ver calculado por Bernadinho, porque quando decidiu jogar em Brusque sabia do que poderia acontecer. Mas não esperava , claro.

É fácil elogiar quem coloca bola no chão como Elizangêla e Jú Costa. Fácil entre aspas, porque fazer 51 pontos, as duas juntas, é uma marca impressionante.

Sou suspeito para falar de Elizangêla. Craque de bola e ótimo exemplo como atleta.

Mas sejamos justos ?

Ninguém pode cometer a injustiça de esquecer da levantadora Fabiola.

Uma atuação soberba.

Terça Feira tem mais e também nesse aspecto acho que Brusque leva vantagem.

Para o Rio o ideal seria ter uma semana para se recuperar do que muitos consideram um "acidente".

Mas o Rio, mesmo ferido, ainda é favorito. Afinal vai ter a chance de fazer dois jogos em casa, isso se Brusque deixar. 

      

Por Bruno Voloch às 19h15

Minas foi castigado merecidamente

Castigo. O ditado do futebol que diz "quem não faz, leva", evidente não pode ser usado no vôlei. Uma pena.

O Minas que me perdoe. Vencendo um set decisivo, fora de casa por 24/20 e não fechar é pedir para perder o jogo. 

Acontece ?

Sim, se já aconteceu em seleção que dirá em clube, mas no masculino é difícil ver essa situação.

Pois ganhando de 24/20 fora de casa o Minas tinha a obrigação de fazer 1 a 0 e deixar o "problema" para o Cruzeiro.

Tomou a virada e lógico perdeu os sets seguintes de maneira bisonha. Entregue emocionalmente, não teve forças para reagir e foi dominado completamente pelo Cruzeiro depois da derrota de virada no primeiro set.

No meio, Douglas e Giovanni engoliram André Heller e Henrique e foram determinantes.

Não posso deixar de elogiar a postura da torcida em Itabira. Os quase 6 mil torcedores que lotaram o ginásio tiveram um comportamento exemplar empurrando o Cruzeiro do início ao final. Com respeito e ética.

Talmo, treinador do Cruzeiro, independente do que possa acontecer com sua equipe, é a revelação da Superliga 2008/2009.  

Veio para ficar, parabéns.

Por Bruno Voloch às 18h24

Cuba demite o veterano Antônio Perdomo

Depois dos Estados Unidos e da China, agora é a vez da seleção feminina de Cuba trocar de treinador. 
Após o decepcionante quarto lugar na Olimpíada de Pequim, ano passado, a Federação Cubana de Vôlei demitiu Antônio Perdomo e contratou o desconhecido Luis Oviedo para assumir o cargo.

Oviedo tem 51 anos de idade, disputou a Olimpíada de Moscou em 1980 e disse que pretende dar uma nova mentalidade ao grupo e renovar a seleção.
Não falou se Cuba manterá o sistema 4-2 tão vitorioso nos últimos anos, mas afirmou que a base da equipe adulta será a seleção juvenil de média de idade de apenas 19 anos. 

Por Bruno Voloch às 17h01

Placar não mostra a realidade do jogo

A vitória pode até ter sido justa, mas não por 3 sets a 0.

Cimed e São Bernardo realizaram um semifinal equilibrada. A Cimed, que vinha tendo no saque a principal arma, sentiu muita falta deste fundamento e talvez por isso tenha tido tanta dificuldade no jogo.

Marlon conseguiu trabalhar o ataque com certa tranquilidade deixando seus atacantes à vontade.  

Não foi um jogo brilhante no aspecto técnico e diria que as duas equipes jogaram bem abaixo da média, especialmente a Cimed.

Théo e Thiago Alves mantiveram o nível das atuações anteriores e foram determinantes na hora decisiva, final de cada set.

Embora tenha feito 1 a 0, vejo a série aberta pelo que mostraram Cimed e São Bernardo na primeira partida.

São Bernardo terá que ser muito mais regular e vai entrar em quadra pressionado na Quarta Feira, o que pode facilitar a vida da Cimed.      

Por Bruno Voloch às 08h46

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.