Blog do Bruno Voloch

17/10/2009

Polícia de San Juan segue à caça de jogador cubano "desaparecido"

O jogador cubano Leonardo Leyva segue desaparecido.

Segundo o jornal "el nuevo dia " de San Juan, Porto Rico a polícia local segue procurando pelo atleta.

Leyva estava hospedado junto com a delegação cubana no hotel Sheraton.

O tenente Roberto Ferreira do Corpo de Investigação Criminal (CIC) da Polícia de San Juan, disse que Leyva foi visto pela última vez por volta das 7 da noite de quinta-feira dia 15 na recepção do hotel, quando informou aos companheiros que iria subir para tomar banho.

Depois sumiu.

Pouco depois de meia noite, dirigentes cubanos procuraram a polícia para dar queixa do desaparecimeto do atleta.

Ferreira disse que a polícia está procurando Leyva em hospitais, hotéis e áreas de aquartelamento, incluindo o bairro de La Perla da Velha San Juan.

A polícia também já está com as fitas das câmeras de segurança do hotel, onde todas as delegações estão hospedadas.

O secretário de estado de Porto Rico, Kenneth McClintock, disse à AP que não tinha informações sobre o desaparecimento do jogador.

Segundo a polícia, Leyva deixou todos os pertences no hotel.

 

 
   

 

Por Bruno Voloch às 09h28

Estados Unidos e Cuba são os finalistas da Norceca

Favoritos ao título da Norceca, Estados Unidos e Cuba confirmaram em quadra a tradição e vão decidir o título da competição.

Os norte-americanos derrotaram Porto Rico por 3 sets a 0.

As parciais foram de 25/16, 25/23 e 25/22.

David Lee e William Priddy foram os destaques da quarta vitória dos Estados Unidos na Norceca.

Lee fez 15 pontos e Priddy marcou 13.

Cuba também não teve trabalho e derrotou com tranquilidade o Canadá pelo mesmo placar.

Os cubanos precisaram de uma hora e quinze para fazer 25/22, 25/16 e 25/21.

Yoandy Leal fez 15 pontos e deixou o jogo como maior pontuador.

O jovem Wilfredo Leon anotou 14 pontos.

Orlando Samuels, técnico de Cuba, contou com um jogador a menos no banco.

O jogador Leonardo Leyva, que era titular, continua desaparecido desde a última sexta-feira.

Os Estados Unidos tentam o quarto título consecutivo da Norceca, enquanto Cuba briga pelo décimo quarto campeonato de sua história. 

Estados Unidos e Cuba chegam invictos a decisão.

As duas seleções jogaram e ganharam 4 jogos.

Cuba ainda não perdeu nenhum set na Norceca.

O campeão da Norceca se classifica para a Copa dos Campeões.

  

  

Por Bruno Voloch às 08h34

16/10/2009

Porto Rico será adversário dos Estados Unidos na outra semifinal da Norceca

De um lado estarão Canadá e Cuba, do outro Porto Rico e Estados Unidos.

Estão definidas as semifinais da Norceca.

O ganhador da Norceca, se classifica para jogar a Copa dos Campeões entre os dias 18 e 23 de Novembro no Japão.

Japão, Brasil, Polônia, Egito e Irã já estão classificados.  

Porto Rico que havia sido derrotado por Cuba, se recuperou e derrotou o México nas quartas de final.

O jogo terminou 3 a 0 com parciais de 25/15, 25/17 e 25/20.

Ivan Perez fez 13 pontos e foi o destaque de Porto Rico.

6.000 torcedores lotaram o ginásio Ruben Rodrigues em Bayamon.  

  

Por Bruno Voloch às 09h23

Canadá sofre, precisa de 5 sets, mas se classifica para as semifinais da Norceca

Foi difícil, mas o Canadá está nas semifinais da Norceca.

A seleção canadense precisou de jogar o tie-break para derrotar a República Dominicana.

Os dominicanos abriram 1 a 0 com 25/21.

O Canadá empatou com 25/22.

A República Dominicana voltar a ficar na frente fazendo 25/21 no terceiro set.

Com 25/23 no quarto set, o Canadá levou a partida para o tie-break.

Com 15/13, os canadenses fecharam o set e a partida em 3 a 2.

Louis-Pierre Mainville marcou 18 pontos.

Com o resultado, Canadá enfrentará Cuba, na semifinal.

Por Bruno Voloch às 09h15

15/10/2009

Assim como Osasco, Unilever começa vencendo no Sul-Americano

O time do Unilever abriu sua participação no sul-americano de clubes com vitória.

Agora pouco em Lima no Peru, a equipe brasileira derrotou o Boca Juniors da Argentina por 3 sets a 0.

As parciais foram de 25/18, 25/13 e 25/15.

Nesta sexta-feira, o Unilever joga contra o Geminis do Peru.

O time peruano perdeu na primeira rodada para o Boca por 3 sets 1 .  

Também nesta sexta, o Osasco entra em quadra jogar sua segunda partida.

Depois da vitória na primeira rodada contra o River Plate, Osasco enfrenta o Regatas do Peru. 

As semifinais são no Sábado e a decisão no Domingo.

Por Bruno Voloch às 21h21

Na Itália, Trentino de Leandro Vissoto derrota Macerata

No principal jogo da quinta rodada do primeiro turno do campeonato italiano, o Trentino derrotou fora de casa o Macerata por 3 sets a 0. 
As parciais foram de 17/25, 18/25 e 16/25.
Com a vitória, o Trentino de Leandro Vissoto assumiu o segundo lugar.
O Macerata segue com 7 pontos.
Vissoto teve atuação destacada marcando 16 pontos.
O atual campeão europeu volta a jogar no domingo contra o Taranto.

 

 

Por Bruno Voloch às 17h06

Estados Unidos e Cuba vencem e estão nas semifinais da Norceca

Estados Unidos e Cuba mantiveram aproveitamento de 100% na Norceca e estão classificados para as semifinais da competição.

Diante de 6.000 torcedores, Cuba foi forte e calou o ginásio Ruben Rodrigues em Bayamon, Porto Rico.

A seleção cubana derrotou Porto Rico por 3 sets a 0 com parciais de 25/21, 25/22 e 25/20.

Roberlandy Simon de Cuba saiu como maior pontuador com 13 acertos.

Leon e Sanchez marcaram 12 pontos cada.

Nas quartas de final, Porto Rico enfrentará a seleção do México que derrotou e eliminou Pananá por 3 a 0.

De virada os Estados Unidos venceram Canadá, garantiram a primeira colocação do grupo B e também estão na semifinal.

O Canadá abriu 25/21, mas não conseguiu segurar a reação dos Estados Unidos que ganharam os 3 sets seguintes por 25/17, 25/22 e 25/21.

O bloqueio foi o fundamento forte dos Estados Unidos com 14 pontos.

Os destaques dos Estados Unidos foram Clayton Stanley com 22 pontos, Sean Rooney fez 19, Reid Priddy 13 e o central David Lee 12.

Mesmo com o resultado negativo o Canadá segue com chances de brigar pelo título.

Nas quartas de final, o Canadá joga contra a República Dominicana que eliminou Barbados.  

   

Por Bruno Voloch às 08h22

14/10/2009

Sollys/Osasco ou Unilever. Quem vencerá o Sul-Americano de clubes ?

Serão de fato 6 equipes disputando o Sul-Americano feminino de clubes a partir de hoje em Lima no Peru.

Mesmo antes de começar a competição, o blog aposta todas fichas na final brasileira.

Os times peruanos ainda podem aprontar, roubar um set aqui, outra ali, mas nada além disso.

Certo é que a decisão tem data e adversários definidos.

Será dia 18 e entre Osasco e Unilever.

Podem apostar.

Rivalidade de sempre, apesar da mudança no nome dos patrocinadores para 2009/2010.

Seria o Finasa/Osasco e Rexona de sempre, se o leitor preferir.      

As duas equipes vão poder contar com as jogadoras da seleção brasileira.

Osasco terá Adenízia, Camila, Thaísa, Ana Tiemi, Natália e Sassá. 

O Unilever contará com a líbero Fabi, Dani Lins, Carol Gattaz e Joycinha.

Fabiana, meio de rede, ainda se recupera de uma contusão no ombro e não deve estar 100%.

O título seria inédito para o Unilever.

É o primeiro duelo da temporada entre dois dos favoritos ao título da Superliga 2009/2010.   

E o blog quer saber quem vence o campeonato Sul-Americano.

Sollys/Osasco ou Unilever ?

Por Bruno Voloch às 08h25

Sul-Americano feminino de clubes começa hoje para o Brasil

Começa hoje em Lima no Peru, mais uma edição do Sul-Americano feminino de clubes.

O Brasil terá dois representantes na competição.

Sollys/Osasco e Unilever, que decidiram a última Superliga.

Apenas 6 equipes participarão do torneio que é dividido em dois grupos.

No grupo A estão o Geminis do Peru,  Boca Juniors da Argentina e o Unilever.

No grupo B o Sollys/Osasco enfrentará o Regatas do Peru e o River Plate da Argentina.

Os dois primeiros de cada chave estarão nas semifinais.

Na rodada de abertura nesta quarta-feira, Osasco joga contra o River Plate.

Em seguida, o time peruano Geminis receberá o Boca Juniors.

O Unilever folga na primeira rodada e joga nesta quinta-feira contra o Boca Juniors. 

A decisão do Sul-Americano acontece no Domingo dia 18.

Por Bruno Voloch às 08h06

Cuba arrasa seleção de Barbados no jogo mais rápido da Norceca

Cuba precisou apenas de 57 minutos para vencer a seleção de Barbados em jogo disputado pelo grupo A da Norceca.

As parciais foram de 25/10, 25/11 e 25/16.

Cuba atuou em ritmo de treino e poupou alguns titulares a partir do segundo set.

Mesmo assim, Leonardo Leyva foi o destaque com 10 pontos.

Michael Sanchez fez 9 e o jovem Wilfredo Leon marocu 7.

Cuba joga pelo primeiro lugar do grupo contra os donos da casa, Porto Rico, nesta quarta-feira.

Quem vencer avança direto para a semifinal.

O perdedor aguarda o jogo entre México e Panamá e ainda segue com possibilidades de disputar o título.

 

  

Por Bruno Voloch às 07h56

Atuais campeões olímpicos seguem 100% na Norceca

Os Estados Unidos conquistaram a segunda vitória na Norceca.

E novamente a vitória veio de forma tranquila sem a equipe norte-americana precisar se esforçar muito.

O adversário, Panamá, não fez mais de 36 pontos nos 3 sets e foi facilmente derrotado por 3 sets a 0.

A partida durou uma hora e as parciais foram de 25/13, 25/15 e 25/8.

Riley Salmon terminou a partida com 12 pontos, seguido de Priddy e Patak com 11 cada. 

Nesta quarta-feira, os Estados Unidos enfrentam o Canadá e quem vencer se classifica direto para as semifinais da Norceca.

O perdedor enfrenta o ganhador de República Dominicana e Barbados nas quartas de final. 

 

Por Bruno Voloch às 07h48

México oferece novamente resistência mas perde para o Canadá

A seleção mexicana está evoluindo no cenário das Américas.

Mais do que todos esperavam.

Depois de dar um susto na seleção dos Estados Unidos quase ganhando um set na estréia, dessa vez o México aprontou de fato para cima do Canadá.

Em jogo válido pelo grupo B, o México chegou a estar vencendo o Canadá por 1 a 0 com 25/21.

Mas depois os canadenses acabaram virando o jogo e fechando os 3 sets seguintes com 25/16, 26/24 e 25/12.

O jogo teve duração de uma hora e trinta minutos.

O Canadá segue invicto na Norceca com duas vitórias e o México precisa derrotar o Panamá para se classificar e disputar as quartas de final da competição.     

Por Bruno Voloch às 07h40

Jogando em casa Porto Rico vence a segunda partida seguida na Norceca

Porto Rico vai fazendo literalmente o dever de casa na Norceca.

Diante de 2.000 torcedores no ginásio Ruben Rodrigues em Bayamon, a seleção alcançou mais um resultado positivo.

Porto Rico derrotou a República Dominicana por 3 sets a 0 com parciais de 25/18, 25/20 e 25/19.

Com esse resultado Porto Rico precisa vencer Cuba nesta quarta para conseguir passar as semifininais.

A República Dominicana joga contra Barbados.

O ganhandor chega nas quartas de final e quer perder está fora da Norceca.  

Por Bruno Voloch às 07h33

13/10/2009

Estados Unidos sofrem no segundo set diante do México mas vencem por 3 sets a 0

O México resistiu mais do que se esperava, especialmente no segundo set.

Os norte-americanos começaram bem a partida no jogo de estréia na Norceca ganhando o primeiro set por 25/15.

O México fez jogo duro no segundo set, quem diria.

Os Estados Unidos tiveram sérias dificuldades para fechar o set.

Ganharam na experiência e com ótima atuação de Evan Patak por 28/26.

Depois do susto o jogo voltou ao normal.

O terceiro set foi bem parecido com o primeiro.

Inteiramente dominados, os mexicanos se entregaram. 

Em ritmo de treino, os Estados Unidos fizeram 25/16 e fecharam o jogo. 

A seleção de Alan Knipe enfrenta hoje o Panamá.

O México terá pela frente o Canadá.    

Por Bruno Voloch às 08h19

Cuba mostra força e arrasa República Dominicana na Norceca

A seleção masculina cubana não tomou conhecimento do primeiro adversário na Norceca.

Cuba fez 3 sets a 0 em cima da República Dominicana.

As parciais foram de 25/17, 25/15 e 25/14.

O jogo durou uma hora e quatro minutos.

A revelação cubana, Wilfredo Leon foi o destaque da partida.

Leon marcou 11 pontos, seguido de Sanchez com 10.

Ainda pelo grupo A, Cuba volta a jogar nesta terça-feira contra Barbados.    

Por Bruno Voloch às 08h08

Canadá e Porto Rico vencem sem dificuldades na primeira rodada da Norceca

Jogando em casa na cidade de Bayamon, Porto Rico conseguiu a primeira vitória na Norceca.

A seleção derrotou Barbados por 3 a 0.

As parciais foram de 25/9, 25/16 e 25/18.

Pelo grupo B, Canadá também não teve trabalho.

Os canadenses bateram o Panamá pelo mesmo placar.

Joel Small com 13 pontos saiu como maior pontuador.

Apenas o campeão masculino da Norceca se classifica para a Copa dos Campeões.      

  

Por Bruno Voloch às 08h03

12/10/2009

Começa a luta dos atuais campeões olímpicos na Norceca por vaga na Copa dos Campeões

Não é segredo para ninguém que os Estados Unidos e Cuba são os principais favoritos ao título da Norceca.

A competição vai classificar o campeão para a disputa da Copa dos Campeões em Novembro no Japão.

Brasil, Irã, Polônia e Egito já estão classificados.

O torneio da Norceca contará com 8 seleções divididas em 2 grupos.

No grupo A estão Cuba, República Dominicana, Barbados e Porto Rico.    

No grupo B jogarão Estados Unidos, México, Canadá e Panamá.

A Norceca será jogada na cidade de Bayamon em Porto Rico.

Na rodada de abertura, Cuba enfrenta a República Dominicana e os Estados Unidos joga contra o México.

A competição vai ser jogada entre os dias 12 e 18 desse mês.  

Das 20 edições disputadas até hoje, Cuba é a maior ganhadora com 13 títulos.

Os Estados Unidos ganharam a Norceca 7 vezes, sendo as 3 últimas em 2003, 2005 e 2007.

  

Por Bruno Voloch às 21h54

Deu Cimed como poderia der dado São Bernardo. A certeza é que o Brasil estará muito bem representado no mundial.

Grande jogo e belíssima decisão.

Espetáculo de alto nível realizaram Cimed e São Bernardo.

Jogo decidido em detalhes e o Brasil vai estar muito bem representado pela Cimed no mundial de clubes.

Se tivesse ganho o jogo, e poderia ter ganho, São Bernardo também faria bonito com toda certeza no mundial.

Acho que São Bernardo sentiu falta de Escadinha, algo absolutamente natural.

Se a seleção sente falta dele que dirá o time.

Gian tem futuro, mas a presença de Escadinha em quadra impõe respeito ao adversário e dá uma segurança fora do comum ao time e ao levantador Marlon em especial. 

Mas não foi esse o motivo da derrota. Apenas uma constatação de que São Bernardo com ele é um time e sem ele outro diferente.

A Cimed dominou o jogo no primeiro set.

O São Bernardo deu troco no segundo.

O terceiro acho que foi decisivo. São Bernardo mandou no placar fechando os tempos técnicos sempre na frente e com 5 pontos de vantagem.

O central Éder e uma alteração feita pelo treinador Marcos Pacheco fazendo entrar Thales mudaram o panorama do set.  A Cimed virou com autoridade de 3 vezes campeã brasileira e ganhou mais moral na partida.  

Diria que São Bernardo poderia e deveria ter ganho o set.

Diferente do set anterior, a equipe paulista manteve a regularidade e ganhou fácil o quarto ser levando o jogo para o tie-break.

Quinto set jogado ponto a ponto, mas a Cimed arriscou mais e num saque fortíssimo de Thiago ganhou o titulo merecidamente.

Difícil e injusto destacar algum jogador individualmente.

A Cimed ainda mostra mais conjunto do que seus adversários.

Essa ainda é uma diferença.

O esperado duelo entre Bruno e Marlon não aconteceu.

Os dois jogaram para o time, exatamente como deve ser deixando o individualismo de lado.

Jogaram no mesmo nível.

Fico feliz em ter assistido uma final tão equilibrada e emocionante como essa entre Cimed e São Bernardo.  

Por Bruno Voloch às 15h43

Treviso de Ricardinho lidera campeonato italiano após a quarta rodada

O Treviso do levantador Ricardinho manteve a liderança do campeonato italiano após a quarta rodada.

A equipe divide o primeiro lugar com o Modena somando 10 pontos.

O Treviso derrotou o Macerata do brasileiro Dentinho por 3 sets a 0, parciais de 25/23, 25/23 e 25/18.

O holandês Horstink marcou 16 pontos, Fei fez 13 e Ricardinho teve 3 acertos.

O Macerata segue com 7 pontos.

Com 17 pontos do cubano Dennis, o Modena conseguiu mais um resultado positivo e por 3 a 0.

O adversário foi o Loreto que ficou com 4 pontos, onde atua o brasileiro Digão.

Fora de casa, o Taranto de Rivaldo, Cléber e Manius perdeu para o Verona por 3 sets a 2.

O oposto Rivaldo foi destaque com 27 pontos. Cléber marcou 13 e Manius 11.

O Taranto segue na quarta colocação com 7 pontos e o Verona chegou aos 5 pontos em nono lugar. 

O Pineto do levantador Royal também se deu mal na rodada.

Perdeu de 3 a 0 para o Forli com parciais de 25/23, 25/20 e 25/20 e segue sem vencer no campeonato.

Completando a rodada o Monza venceu Cuneo no tie-break, com 15/13 no quinto set.

O Latina perdeu em casa para o Vibo Valentia por 3 a 1 e continua na última colocação sem pontuar até agora.

 

 

 

 

   

 

Por Bruno Voloch às 15h11

11/10/2009

Decisão de Ricardo e Emanuel estava tomada desde o fim de 2008

A dupla vai deixar saudade e como ...

Ricardo/Emanuel era uma marca conhecida no mundo inteiro.

Mas no esporte em geral, especificamente no vôlei de praia, toda separação é dolorida.

Essa não foi diferente.

Foram 7 anos de parceria.

Parece pouco, mas na praia e no vôlei masculino é uma eternidade.

Ricardo e Emanuel cganharam tudo que poderiam e sonhavam quando se juntaram em 2002.

A medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Atenas em 2004 foi sem dúvida o título mais importante.

Aliás, mais importante também da história do vôlei de praia masculino do Brasil.

A medalha de Ouro nos Jogos Pan-Americanos do Rio de Janeiro em 2007 era obrigação e eles fizeram o dever de casa.

Foram ainda  pentacampeões do Circuito Mundial ganhando de 2003 até 2007.

Isso sem falar nos 3 campeonatos brasileiros em 2002,2003 e 2006.

Ricardo foi eleito o melhor jogador do mundo duas vezes e recebeu do Comitê Olímpico Internacional (COI) o prêmio de Herói Olímpico, em 2004. 

Também em 2004, Emanuel foi escolhido pelo Comitê Olímpico Brasileiro (COB) como melhor jogador de vôlei de praia do País

Ricardo e Emanuel tinham um diferencial.

A simplicidade.

Sujeitos tranquilos, humildes e que não mudaram em nada após tantas conquistas.

Não era mesmo para mudar a postura da dupla, mas a gente sabe e conhece muita gente que simplesmente se transforma após ganhar qualquer competição.

Com eles não.

Jamais negaram uma entrevista que seja.

Eram profissionais ao extremo.

Tinham seus problemas como qualquer outra dupla. 

Mas essa separação era planejada desde o "fracasso" na Olimpíada de Pequim em 2008.

Os dois não se conformam até hoje da dupla não ter conseguido chegar na decisão da medalha de Ouro.

A derrota na semifinal para Márcio e Fábio foi muita sentida.

A separação poderia até acontecer no fimde 2008, desde que com pelo menos mais uma final olímpica nas costas.

Não foi assim.

Elegantes, os dois sabiam que a separação na ocasião poderia gerar muitos comentários negativos.

Comentários esses que poderiam até abalar a relação com os patrocinadores.

Os dois foram inteligentes e se mantiveram em pé, firmes e com os compromissos profisionais em dia mesmo sabendo que a motivação não era mais a mesma.  

Não seria interessante para a mídia em geral os dois "abrirem" após um resultado negativo.

Aliás, sem esquecer de eles ganharam a medalha de bronze em 2008, mas também como eles, acho pouco perto do que poderiam fazer.      

Até na separação Ricardo e Emanuel foram intelginetes. 

Faz sentido.

Essa conversa de 2012 e 2016 a gente respeita, mas sabe que dificilmente um dos dois estará lá.

A iniciativa é válida, sem dúvida alguma.

Passar os ensinamentos e a experiência para os mais novos.

Emanuel tem outras prioridades e precisa se dedicar ao casamento com Leila.

Os dois moram no Rio de Janeiro e os treinos acontecem (ainda) em João Pessoa na Paraíba.

Ainda restam quatro etapas do circuito brasileiro: João Pessoa, Recife, Maceió e Salvador.

Não existe a certeza de que os dois estarão presentes nesses 4 etapas.

Fato é que a motivação não é mais a mesma.

Os objetivos e as prioridades de vida são diferentes.

O desgaste é natural.

Pensando assim, a decisão que estava tomada desde o fim de 2008, foi anunciada com o discurso correto mesmo que tardiamente.

O "Block Machine" como é conhecido Ricardo e Emanuel vão deixar saudades, mas fizeram a opção correta.

Não devem encarar como derrota a separação e sim como "um tempo".

Tanto tempo de convívio e vitórias acabaram não só transformando os dois em parceiros como também em irmãos.   
   

Por Bruno Voloch às 10h32

Pesaro vence Novara e conquista Supercopa da Itália

 

O Pesaro comandado pelo brasileiro Angelo Vercesi começou bem a temporada 2009/2010 na Itália.

O time que era dirigido por José Roberto Guimarães, conquistou o título da Supercopa ao derrotar o Novara na decisão por 3 sets a 2.

Foi a terceira vez que o Pesaro ganhou a Supercopa. No ano passado ainda sob comando de Zé Roberto e com Vercesi de assistente, o time também foi campeão.

Antes havia vencido em 2006.

O Novara não ganha a Supercopa desde 2005.

O jogo durou duas horas e a vitória foi no tie-break com parciais de 25/19, 18/25, 25/21, 23/25 e 15/13.

A argentina naturalizada italiana Carolina Costagrande teve um desempenho impressionante e foi o nome do jogo com 33 pontos.

Pelo Novara, da levantadora russa Irina Kirilova, as duas novas contratadas foram as maiores pontuadoras.

A holandesa Manon Flier fez 22 e a norte-americana Logan Tom marcou 21.

O Bergamo segue sendo o maior vencedor da Supercopa com 5 títulos, sendo o último ganho apenas em 2004

 

Por Bruno Voloch às 09h42

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.