Blog do Bruno Voloch

30/10/2009

Não existe favoritismo na decisão entre Sesi e São Bernardo

Se alguém tinha alguma dúvida que estão na decisão do paulista as duas melhores equipes da competição, essa dúvida terminou ontem.

Ouvi muito choro do pessoal do Pinheiros dizendo que o time poderia estar na final e ser o campeão.

Bobagem. Não dava, especialmente pelo nível técnico apresentando por Sesi e São Bernardo no jogo da última quinta-feira.

E que jogo emocionante fizeram Sesi e São Bernardo.

Penso que pelo nível de investimento feito pelos clubes, o campeonato merecia um terceiro jogo na final. E será assim.

O fator quadra pode ser sim determinante, afinal vem fazendo a diferença até agora na série.

Em casa deu São Bernardo, em casa deu Sesi.

Tudo bem que o primeiro jogo da final São Bernardo teve mais facilidade para sair com a vitória, situação diferente do segundo jogo de ontem.

Vi duas equipes extremamente aplicadas taticamente e fisicamente voando. Detalhe importante que falta ao Pinheiros, diga-se de passagem.

O Sesi sabia que no aspecto emocional seria importante sair vencendo e fez isso com 25/21.

O passe do São Bernardo melhorou a partir do segundo set e o jogo ficou mais equilibrado. O saque também entrou e o panorama da partida se alterou.

O time virou e ficou perto do título, deixando toda a pressão para o Sesi.

No quarto set, o time do Sesi deu a impressão que ganharia facilmente. Mas São Bernardo buscou e o jogo ficou em 23/23.

Anderson apareceu bem e foi determinante na vitória de 26/24.

No quinto set, Sesi chegou a fazer 10/8, 11/9, mas não dava para respirar. Maicon sum saque espetacular empatou em 13/13.

Mas a verdade é que São Bernardo não soube fechar o jogo. Teve 7 chances para ganhar o campeonato e não conseguiu. Pagou caro.

Na única oportunidade que teve, o Sesi num ótimo saque de Thiago fez 23/21 e 3 sets a 2.

O fator casa pode pesar ?

Sim.

Mas não creio que possa ser tão determinante como foi no primeiro jogo.

Sesi não desiste do jogo em hora alguma e luta até o fim.

São Bernardo tem um time muito equilibrado em todos os sentidos.

Giovane tem peças de reposição e destaco ainda o bom desempenho dos centrais do time no segundo jogo.

Difícil apostar, não tenho obrigação, mas fico feliz com o que vi até agora.

Fico feliz em saber que o trabalho e a humildade ainda vencem no esporte, seja para que lado for.

Sesi e São Bernardo estão no caminho certo.

       

 

 

        

Por Bruno Voloch às 10h51

29/10/2009

Rio de Janeiro pode ganhar outro representante na Superliga Feminina

A CBV deve confirmar nos próximos dias a inclusão do time de Macaé na Superliga feminina 2009/2010.

O acerto está perto de acontecer, basta apenas que o clube cumpra pequenas exigências feitas pela entidade.  

 

Com o mercado "fechado" para contratações, caso venha mesmo participar da Superliga, Macaé deve ter uma equipe formada por jogadoras das categorias de base da seleção brasileira.

 

12 times estão inscritos e já confirmados para a Superliga.

 

Sollys/Osasco, São Caetano, Pinheiros, Cativa, Minas, Praia Clube, Vôlei Futuro/Araçatuba, Mackenzie, Sport Recife, São Bernardo do Campo, Unilever e São José/SC.

Por Bruno Voloch às 14h47

Itália e Estados Unidos foram os maiores beneficiados no sorteio do mundial masculino

Estamos praticamente há um ano do início do mundial masculino adulto, mas a Itália, dona da casa, teve sorte no sorteio dos grupos para o mundial de 2010.

No grupo A, os italianos teoricamente não deverão ter dificuldades para ficar em primeiro lugar contra Japão, Egito e Irã.

Isso na parte da teoria, mas os italianos precisam evoluir porque nas últimas competições da FIVB não tiveram sucesso.

A segunda vaga fica em aberto, assim como a terceira.

Apenas o quarto colocado de cada grupo será eliminado na primeira fase.

Em Verona, jogará a seleção brasileira.

Grupo perigoso contra Espanha e Cuba. A Tunísia é figurante e certamente ficará na quarta posição.

Vejo a sequência como interessante para o Brasil. Pegamos no primeiro jogo a Tunísia, ganhamos ritmo contra a perigosa Espanha e terminamos a fase contra Cuba. Esse jogo deverá definir o ganhador do grupo B.

A Rússia deve passear na primeira fase em Modena. A seleção russa deu sorte também e deve passar sem perder sets contra Camarões, Austrália e Porto Rico.

Penso que Porto Rico e Austrália devem seguir no mundial.

O grupo D foi desenhando com carinho também para os norte-americanos. Os Estados Unidos não vão precisar de muito esforço para derrotar México, Argentina e Venezuela.

Bom também para a Argentina, favorita para acabar em segundo lugar.

Em Turim, penso em muito equlíbrio com Bulgária, França, República Tcheca e China.  

A China talvez seja a mais fraca das 4 seleções, mas pode surpreender. Pelo dias de hoje, a Bulgária seria a favorita do grupo. França e República Tcheca são imprevisíveis.

O "grupo da morte" seria o F. Jogarão Sérvia, Polônia, Alemanha e Canadá. O Canadá é a zebra do grupo e nesse caso não vejo diferença entre os outros 3. A Sérvia, completa e bem fisicamente leva vantagem contra Polônia e Alemanha. Mas nesse grupo dá para cravar os europeus como classificados.

O mundial só começa em 25 de Setembro e até lá muita coisa pode mudar e acontecer. Lembro que esse seria um panorama de hoje, mas a evolução do vôlei é rápida, novos talentos surgem e as previsões ou palpites podem ir por água abaixo.              

Por Bruno Voloch às 09h06

28/10/2009

TV Globo renova com a FIVB até o ano de 2018

O melhores eventos do vôlei mundial vão continuar nas mãos da TV Globo até o ano de 2018.
Essa semana, o diretor executivo da Rede Globo, Marcelo Campos Pinto, esteve na sede da FIVB e assinou contrato de renovação dos direitos de transmissão dos eventos oficiais da entidade para os próximos nove anos.

O contrato terminaria no fim de 2010 e com o novo acordo, a TV Globo transmitirá os Campeonatos Mundiais masculino e feminino de 2010, os Mundiais de vôlei de praia, a Liga Mundial, o Grand Prix e as outras competições oficiais até 2018.

Por Bruno Voloch às 11h47

27/10/2009

Sorteio dos grupos do campeonato mundial masculino acontece em Roma

O vôlei masculino brasileiro vai conhecer nesta quarta-feira os adversários na primeira fase do campeonato mundial adulto.

O sorteio dos grupos acontecerá no salão petrassi do auditório parco della musica, em Roma.

24 seleções serão divididas em 6 grupos para essa décima sétima edição do mundial.

10 cidades vão receber o mundial. Roma, Milão, Ancona, Catânia, Florença, Modena, Reggio Calabria, Turim, Trieste e Verona.

O mundial será jogado entre 24 de setembro e 10 de outubro de 2010. 

112 seleções, número recorde, participaram da fase de classificação do mundial masculino. Itália, sede do evento e Brasil, atual campeão, já estavam classificados.

As outras vinte e duas seleções são: China, Austrália, Japão, Irã, Egito, Tunísia, Camarões, Rússia, Alemanha, Bulgária, República Tcheca, Polônia, França, Sérvia, Espanha, Venezuela, Argentina, Estados Unidos, Porto Rico, Cuba, Canadá e México.

Por Bruno Voloch às 08h49

26/10/2009

Trentino de Leandro Vissoto abre 4 pontos na liderança do italiano

O Trentino do brasileiro Leandro Vissoto segue líder isolado no campeonato italiano da série A1.
 
Pela oitava rodada do primeiro turno, o Trentino derrotou fora de casa o Loreto por 3 sets a 0.
 
Leandro marcou 14 pontos.
A vitória coloca o Trentino com 21 pontos e mesmo que perca o próximo jogo o time de Leandro não perderá a liderança.
 
Nos demais resultados da rodada, o Macerata fez 3 a 0 no Forli e manteve o sétimo lugar agora com 12 pontos.
 
Com 4 pontos de João Paulo Bravo, o Piacenza venceu por 3 sets a 1 a equipe do Latina.
 
O Piacenza está com terceiro lugar com 16 pontos.
 
Mesma pontuação do Modena que foi surpreendido em casa pelo Cuneo.
 
O Pineto do levantador Royal segue sem vencer. Jogando em casa, o time perdeu por 3 sets a 1 para o Perugia.
 
O Pineto ainda amarga a lanterna com 1 ponto, enquanto o Perugia soma 10.
 
O Taranto de Rivaldo, Maniuas e Cléber caiu em casa diante do Monza. O jogo terminou 3 sets a 0.
 
O Monza passa a somar 12 pontos e o Taranto parou nos 10.
 
O Lanza Verona fez o dever de casa e derrotou o Valentia por 3 sets a 1, parciais de 23/25, 25/16, 29/27 e 25/21.
 
Com o resultado o Verona assumiu a sexta posição com 13 pontos. 

Por Bruno Voloch às 13h23

Juliana sofre acidente de carro em Fortaleza

Atual campeã do Circuito Mundial de vôlei de praia, ao lado da parceira Larissa, Juliana sofreu um acidente de carro neste domingo, na cidade de Aquiraz, região metropolitana de Fortaleza, e precisou ser hospitalizada.

O carro de Juliana, um Vitara, saiu da pista em uma curva na estrada e bateu em um Gol.

Ela estava voltando do parque aquático Beach Park.

Depois do acidente, a atleta foi levada para o Hospital Regional da Unimed, em Fortaleza.

O presidente da Federação Cearense de vôlei, José Virgílio Pires, disse que Juliana levou pontos na cabeça, mas não sofreu nenhuma fratura.

Segundo a Polícia Rodoviária Estadual, todos os ocupantes do Gol tiveram ferimentos leves.

No ano passado, Juliana ficou de fora dos Jogos Olímpicos de Pequim, devido a uma grave lesão no joelho.

Mas recuperou-se na atual temporada, quando conquistou, ao lado de Larissa, o título do Circuito Mundial pela quarta vez.

Por Bruno Voloch às 08h38

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.