Blog do Bruno Voloch

14/05/2010

Dínamo Kazan contrata Ekaterina Gamova

Assim como no Brasil, o mercado europeu segue agitado.

A russa Ekaterina Gamova foi contratada pelo Dínamo Kazan e volta ao vôlei da Rússia. Gamova estava atuando pelo Fernerbahçe da Turquia. O time turco contratou Sokolova e manteve a croata Natasa Osmokrovic e a turca Seda Tokatlioglu.

O vôlei da Rússia segue investindo alto e o Dínamo Kazan quer brigar pelo título nacional da temporada 2010/2011. Esse ano o time amargou apenas a terceira colocação. 

Por ter ficado de fora das finais, o Dínamo teoricamente não jogará a Champions League 2010/2011. A única possibilidade de jogar a Champions, seria recebendo o Wild Card da Confederação Européia.

As contratações devem não devem parar em Gamova. O Dínamo quer trazer ainda as jogadoras Kosheleva e Borodakova.

 

Por Bruno Voloch às 15h09

'Eleição' coloca Dani Lins em baixa na seleção brasileira

Interessante o critério adotado pelo técnico José Roberto Guimarães para a escolha da nova capitã da seleção feminina.

Confesso ter ficado surpreso com os novos métodos de escolha, mas não deixa de ser curioso, afinal joga um pouco da responsabilidade para as jogadoras e ao mesmo tempo cria um ambiente de harmonia entre elas.

Embora o voto seja secreto, como ele mesmo disse, ficou claro e evidente que a levantadora Dani Lins não era uma unanimidade como capitã.

As atitudes após a partida semifinal entre Rio e São Caetano, por exemplo, pesaram contra Dani. Na ocasião, a jogadora mostrou imaturidade ao provocar e debochar das próprias companheiras de seleção.  

Acredito que logo na apresentação da seleção em Saquarema, Zé Roberto teve ter conversado reservadamente com Dani sobre o assunto. 

O resultado da escolha da nova capitã, deve ter sido uma dura lição para Dani Lins. Ninguém aqui está discutindo o talento dela como jogadora, mas é evidente que Dani precisa amadurecer e aprender a respeitar as adversárias. 

15 votos e ela nem foi citada. É normal ?

Claro que não. Ou alguém acha normal numa eleição para a capitã, aquela que ocupava o posto nem ser lembrada ?

Nem ser lembrada e nem ser votada.

Enfim. Acho até que Sheilla tem mais cara de capitã do que Fabiana, eleita pelas companheiras com 11 votos. Mas só quem convive diariamente pode falar e se Fabiana foi a escolhida deve ter lá suas qualidades.

Aliás, Fabiana mostrou recentemente uma personalidade que não conhecia, descartando o Rio de Janeiro e decidindo apostar no Vôlei Futuro. Proposta desafiadora.  

Segundo ainda o treinador, todo ano a seleção vai fazer uma eleição interna e eleger a capitã. Mas em 2011, será que Fabiana não terá nenhum voto e nem será lembrada comi aconteceu com Dani Lins ?

Não sei, mas acho complicado. As atitudes e o comportamento de Fabiana serão determinantes para sua continuidade ou não no cargo. Aliás, cargo esse que é de confianaça do treinador.     

Ser capitão de um time, é ser exemplo dentro de quadra, ser líder, ser maduro, tranquilo e ter a confiança de todo um grupo. Ser capitão, significa ser respeitado pela maioria e o porta-voz com a comissão técnica. 

Zé Roberto tem crédito suficiente pelo seu trabalho, coerência e os títulos conquistados no feminino e masculino. Único treinador medalha de Ouro nas duas categorias.

Embora ache o método inovador e curioso como disse antes, Zé vai me permitir discordar. Acho que a escolha precisa partir de quem comanda o grupo de jogadoras. Simples.

Acho que Zé Roberto foi mais uma vez talentoso ao extremo e de uma maneira ou outra, alcançou o objetivo que desejava, que era mostrar para Dani Lins que as aitudes não condizentes para uma capitã de seleção. E não foi preciso ele intervir, as próprias companheiras se encarregaram disso.   

Não se compra a liderança. Ela é nata e vem de dentro de cada atleta, que dizem nascer com esse dom.

Eu fico com essa tese. 

De qualquer forma, boa sorte para Fabiana. 

  

Por Bruno Voloch às 10h31

Relação de Bernardinho com Fabiana está estremecida

Se engana quem pensa que o Rio de Janeiro engoliu a saída de Fabiana.

Após vários anos no time carioca, a jogadora aceitou a proposta do Vôlei Futuro de Araçatuba e deixou o Rio junto com a oposta Joycinha.

Perder Joycinha já era esperado por parte do treinador Bernardinho, tanto que o Rio já havia manifestado interesse em contratar Sheilla, durante as finais da superliga em São Paulo.

Mas Fabiana não. O Rio tinha certeza que Fabiana iria aceitar a proposta, o prazo estipulado pelos dirigentes e ceder à pressão, ficando mais uma temporada na equipe.  

A decisão de jogar no Vôlei Futuro deixou Bernardinho decepcionado. O técnico disse que respeitaria a vontade da atleta de jogar no exterior, mas que ficou sabendo da transferência dela para Araçatuba pela internet.

Bernardinho disse que pelos vários anos de trabalho juntos, a jogadora tinha obrigação de ter avisado que não ficaria. Ele confidenciou ainda que Fabiana era sua prioriodade. 

Estranho. A empresária da jogadora, a ex-jogadora Ana Flávia, disse que se a prioridade fosse de fato Fabiana, o Rio teria chegado aos valores exigidos, renovado com ela e depois fechado com Mari e Sheilla.  

Por Bruno Voloch às 09h29

Oposta Lia acerta e vai ficar no Pinheiros

Agora só falta definir quem será a levantadora.

O time do Pinheiros para a temporada 2010/2011 está praticamente fechado. A oposta Lia, titular e destaque da campanha da conquista do estadual, renovou seu contrato e permanece mais um ano no clube paulista.

Lia se junta as jogadoras Jú Costa e Bárbara que também ficaram no Pinheiros. Cibele, Marina e Lígia não tiveram seus contratos renovados.

O Pinheiros contratou a líbero Suellen e a central Natália do São Caetano e trouxe a ponta Ivna do Minas. Paulo Cocco será o treinador.

Fernanda Garay e a levantadora reserva Roberta deixaram o clube. Fabíola que foi a levantadora titular na última temporada, segue conversando com os dirigentes, mas a preferência é pela contratação de Fofão.      

 

Por Bruno Voloch às 09h13

Sokolova deixa o Jesi da Itália e assina com Fenerbahçe da Turquia

Surpresa no mercado internacional.

A craque russa Liubov Sokolova, uma das melhores jogadoras do mundo, deixou o Jesi da Itália e assinou por dois anos com o Fenerbahçe da Turquia.

Será a segunda temporada de Sokolova na Turquia. A jogadora de 33 anos, esteve na Turquia na temporada de 2000/2001 defendendo o Eczacibasi Istanbul. Depois disso, foram 5 anos de Itália com passagens por Bergamo e Jesi, um ano no Murcia da Espanha e uma temporada jogando pelo Odintsovo da Rússia.     

O objetivo dos dirigentes do Fernabahçe é a conquista do inédito título da Champions League. O time, atual campeão da Turquia, perdeu a decisão da Champions desse ano para o Bergamo da Itália.

Com a chegada de Sokolova, é possível que Gamova deixe o time turco. A croata Natasa Osmokrovic e a turca Seda Tokatlioglu já renovaram o contrato por mais uma temporada. 

Por Bruno Voloch às 09h02

Com show de Costagrande, Pesaro abre 1 a 0 na Itália

O Pesaro venceu o primeiro jogo da decisão do campeonato italiano. A equipe fez valer o mando de quadra e derrotou o Villa Cortese por 3 a 2 em mais de duas horas de partida.

Carolina Costragrande, argentina naturalizada italiana, foi o grande destaque da partida marcando 34 pontos, ou seja, mais do que um set inteiro.

O Villa Cortese começou melhor o jogo e venceu o primeiro set por 25 a 18 com um ataque de Aguero. No segundo set, o Villa Cortese teve 9 possibilidades de ganhar e abrir 2 a 0. Não conseguiu. O Pesaro reagiu e num final dramático marcou 33 a 31 empatando a partida.

A hitória parecia se repetir no terceiro set, quando o Villa Cortese abriu 24 a 20 no placar. Pesaro reagiu e diminuiu para 1 ponto a diferença. Mas Aurea Cruz colocou a bola no chão e marcou 25 a 23 para o Villa.

Era tudo ou nada no quarto set para o Pesaro. Apoiado pela torcida, o Pesaro não decepcionou e ganhou o quarto set até com relativa facilidade por 25/21.

O quinto set começou com domínio do Pesaro que deu a impressão que venceria com tranquilidade. Na virada de quadra, o Pesaro tinha 8 a 4 de vantagem. Mas Aguero, que fez 26 pontos no jogo, foi buscar o empate para o Villa em 10 a 10. Troca de pontos dos dois lados e no fim do set, Aguero atacou para fora dando a vitória ao Pesaro por 15 a 13. 

O próximo jogo entre Pesaro e Villa Cortese será sábado em Pesaro.

 

  

Por Bruno Voloch às 08h45

13/05/2010

Pesaro e Villa Cortese começam decisão na Itália

Pesaro e Villa Cortese iniciam logo mais em Pesaro, a decisão do campeonato italiano temporada 2010/2011.

O Pesaro luta pelo tricampeonato e por ter feito a melhor campanha na fase de classificação, tem o direito de realizar as duas primeiras partidas em casa. O segundo jogo da melhor de 5, acontecerá no sábado.

Nas quartas de final, o Pesaro eliminou o Novara e nas semifinais bateu o ótimo time de Jesi.

O Villa Cortese de Aguero, passou nas quartas pelo Pavia e eliminou na semifinais o tradicional time de Bergamo, atual campeão europeu.

Nos dois títulos anteriores, o Pesaro contava com brasileiras no elenco. Em 2007/2008, Mari e Sheilla faziam parte do time e em 2008/2009, Jaqueline era uma das ponteiras.   

O terceiro jogo será na próxima terça-feira com mando de quadra do Villa Cortese.      

Por Bruno Voloch às 11h34

'Desempregadas' de São Caetano devem parar em Brusque

Brusque em Santa Catarina.

Esse deverá ser o destino de 3 jogadoras que estavam na equipe de São Caetano recentemente desfeita.

As jogadoras Mari Paraíba, Ciça e Ana Maria, sem muitas alternativas no mercado, foram procuradas pela equipe catarinense e o acerto será confirmado nas próximas horas.

Das 3, apenas Mari foi titular na última superliga. Ciça joga como oposta e a levantadora Ana Maria era banco de Fofão.

As jogadoras chegam e serão titulares no time dirigido por Rogério Portela.

Na temporada passada, Brusque foi eliminado nas quartas de final pelo time do Rio de Janeiro.   

Por Bruno Voloch às 11h19

12/05/2010

Drama de Safranova comove a Rússia

O esporte da Rússia segue vivendo o drama da jogadora Safranova.

No dia 3 de dezembro do ano passado, Safronova desmaiou durante um treino do Dínamo e os exames constataram uma hemorragia cerebral. Nas semanas seguintes, ela permaneceu em coma e foi transferida para tratamento na cidade de Colônia na Alemanha. 

Quem está pagando o tratamento desde o início é o clube russo.

Por isso, jogadores, treinadores e dirigentes resolveram se unir nessa causa.

Camisas usadas pelas jogadoras na decisão do campeonato entre Dínamo e Odintsovo serão leiloadas. 

Gamova, da seleção russa e do Fenerbahçe da Turquia, Elena Godina, capitã do Dínamo de Moscou, Elena Lisovskaya, do Zarechie Odintsovo e Natalia  Goncharova, do Dínamo de Moscou e da seleção russa, estão liderando o movimento para ajudar no tratamento da atleta. 

Por Bruno Voloch às 13h35

Pinheiros corre atrás de verba para ter Fofão

Osasco já garatiu Carol, o Rio manteve Dani Lins, o Vôlei Futuro aposta em Ana Cristina e o Minas fica com a talentosa Camila.

O Pinheiros é um dos únicos times que ainda não definiu quem será a levantadora para a próxima temporada.

Fabíola, hoje na seleção interessa ao clube, mas ela só poderia jogar depois das competições que disputará pela seleção e a idéia não agrada aos diretores do Pinheiros.

O time ganhou o paulista do ano passado, justamente pelo fato de ter um time entrosado e jogar junto desde o início do torneio, diferente de São Caetano e Osasco. Esse foi um dos trunfos da brilhante conquista.

Nos bastidores, o comentário é que o clube está buscando recursos para contratar a levantadora Fofão. A jogadora já deixou claro que a prioridade é ficar no Brasil e se possível em São Paulo.

Mas o Pinheiros precisa agir rápido e deve ganhar um concorrente forte nos próximos dias.

Campeã russa pelo Odintsovo, a central Walewska indicou o nome de Fofão para ser a levantadora do time na temporada 2010/2011. O sonho do Odintsovo é poder brigar e conquistar o título da Champions League e contar com Fofão no elenco seria fundamental para as pretensões do clube russo. 

Como se sabe, dinheiro não é problema para o Odintsovo.

 

 

   

 

Por Bruno Voloch às 09h14

Novo time de Campinas já tem 6 jogadores contratados

A equipe de Campinas formada há pouco tempo e que terá a direção do campeão olímpico Maurício, está agindo rápido nos bastidores.

Em apenas uma semana, o time acertou a contratação de 6 jogadores. O mais conhecido é o central André Heller que deixa o Minas e será o mais experiente jogador do grupo.

O levantador será Daniel que jogou a superliga pelo Sesi. Do Sesi, também chega o central Gustavão para jogar ao lado de André Heller no meio.

Wanderson é outro que trocou Minas por Campinas e será titular na ponta. O outro ponteiro será Mão, ex-Lupo de Arararaquara.

Jamelão veio da Cimed para ser o oposto de Campinas. Maurício ainda está tentando trazer Bob que jogou pelo Sada/Cruzeiro.      

Por Bruno Voloch às 08h53

11/05/2010

Fernanda Garay pode ser a próxima novidade do Vôlei Futuro

Depois de anunciar as contratações de Joycinha e Fabiana, ambas da seleção brasileira, o Vôlei Futuro pretende ainda essa semana fechar com mais um reforço.

Fernanda Garay que atuou pelo Pinheiros é o nome pretendido pelo treinador William Carvalho.

Acontece que Fernanda tem uma proposta concreta do vôlei do Japão, mais precisamente do NEC. A situação deve ser resolvida no máximo até a próxima sexta-feira.

O problema é que financeiramente a proposta do NEC é bem superior e seria a chance de Fernanda fazer seu pé-de-meia.  Mas Fernanda ficou muito animada quando soube que o time de Araçatuba havia fechado com Joycinha e Fabiana.

Fernanda sonhava em ser convocada para a seleção brasileira, mas seu nome não foi lembrado pelo treinador José Roberto Guimarães.       

Por Bruno Voloch às 11h33

10/05/2010

'Desesperado', Rio acusa golpe, vai atrás de Juciely e sonha com Walewska

Após o duro golpe que sofreu, o Rio de Janeiro corre literalmente atrás do prejuízo.

O clube dava como certa a permanência de Fabiana na equipe e agora terá que correr atrás de outra jogadora para a posição. Na verdade, o Rio duvidava e não acreditava na hipótese de perder a central.

Sem Fabiana, a diretoria foi atrás da jogadora Juciely que jogou a superliga por São Caetano. As partes já se acertaram e Juciely está apalavrada com Bernardinho.

Bernardinho sonha ainda em contar com Walewska que está jogando na Rússia. Mas para ter Walewska, o Rio terá que gastar muito dinheiro. Fora isso, a jogadora está feliz na Rússia, jogando bem e com moral no Odintsovo. 

Por Bruno Voloch às 22h10

Vôlei Futuro perto de anunciar duas jogadoras da seleção brasileira

Começa a sair do papel o time competitivo que o Vôlei Futuro pretende formar para a temporada 2010/2011.

Após as tentativas frustradas de contratar Natália, Ana Tiemi e Paula Pequeno, o clube está muito perto de fechar com Carol Gattaz e Joycinha da seleção brasileira.

As duas atuaram pelo Rio de Janeiro e não pretendiam ficar no time carioca para a próxima temporada. Joycinha inclusive tem proposta da Coréia, mas está sendo convencida a permanecer no Brasil.

As contratações não devem parar por aí. William ainda pretende trazer uma ponteira estrangeira que pode vir da República Dominicana.

O Vôlei Futuro quer ser a segunda força do vôlei de São Paulo e o primeiro objetivo é desbancar o Pinheiros na luta pelo título paulista.    

Por Bruno Voloch às 17h00

Cimed garante Bruninho por mais uma temporada

Finalmente boas notícias para o torcedor da Cimed.

Para alívio da torcida catarinense, o clube finalmente conseguiu renovar o contato do jogador Bruno Rezende. O levantador Bruninho fica na Cimed por mais uma temporada e descarta mais uma vez propostas da Europa.

Éder, Renato e Bob também já renovaram com o clube.

Para a posição de ponteiro passador, João Paulo Tavares que estava no vôlei do Japão, negocia com os dirigentes e pode ser anunciado. 

A Cimed perdeu o central Lucão para o Vôlei Futuro de Araçatuba e o ponta Thiago Alves para o Sesi.      

Por Bruno Voloch às 14h40

Marcelo Franckowiak deve ser o novo técnico do Minas

Durou pouco a passagem de Douglas Chiarotti como treinador do Minas.

A direção do clube mineiro resolveu contratar um profissional com mais experiência e vai anunciar nos próximos dias o gáucho Marcelo Franckowiak. Douglas voltará a ser assistente técnico.

Marcelo jogou no Sogipa, Frangosul, Ginástica ,Ulbra e Pirelli. Na Ulbra, começou a carreira de treinador na equipe juvenil, em 1998, passando depois a auxiliar técnico do time adulto. Como treinador, conquistou a Superliga em 2002. Em 2004, dirigiu o francês Tourcoing, defendendo em seguida o Paris. Com prestígio no Brasil, foi sondado pelo Cruzeiro, no fim do ano passado, para substituir Talmo, hoje no Montes Claros, mas não chegou a acordo.

Antes de acertar com Marcelo, o Minas procurou José Roberto Guimarães, mas o assunto não evoluiu. Jorge Schimidt do Caxias e Rubinho de São Bernardo também foram sondados pelo Minas, que acabou escolhendo Marcelo para assumir o time.

Até agora o Minas renovou o contrato de André Nascimento e contratou Filipe Chupita, Marlon e o líbero Thiago Brendle.

Maurício, André Heller, Wanderson e o líbero Serginho deixaram o time.

Por Bruno Voloch às 14h30

Fabiana mantém decisão e não renova com Rio de Janeiro

Diferente do que muita gente imaginava, a jogadora Fabiana não vai renovar contrato com o Rio de Janeiro.

Desde a decisão da superliga, Fabiana já havia manifestado interesse em jogar na Europa. Ela tem propostas de equipes da Itália, Rússia e Turquia.

O clube carioca exigiu que Fabiana resolvesse a situação até o fim da semana e a jogadora optou em não renovar contrato. A empresária de Fabiana, a ex-jogadora Ana Flávia, explicou ao blog os motivos da decisão:

"Eles tinham pressa em resolver a questão e exigiram uma resposta rápida. Nós pensamos justamente o contrário. Não temos pressa em definir nada e a Fabiana vai resolver a situação com tranquilidade e agora sem pressão".

Fabiana também estava sendo pressionada pelas futuras companheiras de time nos treinos da seleção em Saquarema.

Ana Flávia disse ainda que a jogadora tem ótimas propostas da Europa e até do Japão. O Conegliano da Itália, mesmo time que deseja contratar Fofão, já fez uma proposta oficial para Fabiana.  

"Os dirigentes do Conegliano assistiram a decisão da superliga e querem muito contratar a Fabiana. Há 5 anos eles mostram interesse e dessa vez vieram firme. Mas a Itália é apenas um dos caminhos. O vôlei da Turquia também é uma excelente alternativa".

Ana Flávia, que cuida dos interesses de Fabiana desde quando a jogadora tinha 17 anos, não descarta inclusive a permanência dela no Brasil:

"Pode ser sim. Vamos fazer o que for melhor para ela, sem nenhuma pressa. O mercado da Europa está abrindo agora, enquanto no Brasil as coisas já estão acontecendo. Portanto, se a gente não achar nada interessante para a Fabiana lá fora, ela volta para o mercado brasileiro e vamos achar a melhor alternativa".

 

Por Bruno Voloch às 13h48

Pinheiros fecha com Natália Martins e segue atrás de uma oposta

Aos poucos o Pinheiros vai fechando seu elenco para a temporada 2010/2011.

Natália Martins que jogava em São Caetano é o mais novo reforço do time paulista. Natália tem 26 anos e esteve na seleção adulta no ano passado. Na ocasião, ela substituiu Fabiana que pediu dispensa por causa de uma tendinite no ombro. 

Natália e Bárbara serão as titulares no meio-de-rede do Pinheiros. Ivna e Jú Costa serão as ponteiras e o Pinheiros segue atrás de uma oposta. Ao que tudo indica, Lia não deve renovar. Suellen deve ser a líbero na vaga de Verê.

A jovem Carol veio do Mackenzie e vai compor o elenco do Pinheiros. Marina, Fernanda Garay e Lígia não ficam.  

A levantadora é outro ponto de interrogação. Fabíola pode ficar, mas até agora não renovou oficialmente com clube paulista.  

Por Bruno Voloch às 10h53

São Caetano anuncia novo treinador e time 'modesto'

Haírton Cabral é o novo técnico do time feminino de São Caetano.

Ele substitui Mauro Grasso no comando do time e vai dirigir a equipe na superliga temporada 2010/2011. Haírton volta ao São Caetano e tem passagens pelo Pinheiros, Suzano e São José.

Apesar de ter perdido o patrocínio da Blausiegel, São Caetano vai manter as atividades no esporte. Mas diferente das última temporadas quando formou um time com estrelas, São Caetano terá uma equipe bem mais modesta e a folha salarial será quase 80% menor.

Sheilla e Mari já acertaram com o Rio de Janeiro e Fofão dificilmente continuará em função da falta de verba. Suellen está indo para o Pinheiros e Mari Paraíba é considerada cara pela diretoria do São Caetano. Juciely é outra que também não fica no clube.      

Até agora, São Caetano fechou com Fernanda Davis de São Bernardo e Dani que jogava em Uberlândia. 

Por Bruno Voloch às 10h37

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.