Blog do Bruno Voloch

26/06/2010

República Dominicana e Peru derrubam favoritos e decidem pela primeira vez Copa Pan-Americana

Estados Unidos e Cuba estão fora da decisão da Copa Pan-Americana.

Na primeira semifinal jogada em Tijuana no México, a República Dominicana venceu de virada os Estados Unidos por 3 sets a 1 com parciais de 25/22, 23/25, 22/25 e 16/25. Priscila Rivera foi o nome do jogo com 20 pontos e a central Annerys Vargas marcou 15. A líbero Brenda Castillo também teve ótima atuação e foi decisiva no fundo de quadra.

Cuba entrou em quadra como favorita na outra semifinal contra o Peru. Invicta até então, as cubanas foram surpreendidas e perderam por 3 sets a 0 com parciais de 25/18, 25/23 e 25/23 em apenas uma hora e vinte minutos de partida. O saque foi o grande trunfo peruano e a recepção de Cuba esteve péssima durante os 3 sets do jogo.

É a primeira vez que o Peru vai decidir a Copa Pan-Americana. República Dominicana, dirigida pelo brasileiro Marcos Kwiek e Peru decidem o titulo neste sábado em Tijuana. Estados Unidos e Cuba jogam pelo terceiro lugar.  

As 4 seleções estão classificadas para o Grand prix de 2011. 

Por Bruno Voloch às 09h18

Brasil cai diante de Porto Rico e vai disputar sétimo lugar contra Canadá

A seleção brasileira feminina perdeu mais um jogo pela Copa Pan-Americana.

Representado pela seleção juvenil, o Brasil foi derrotado pela seleção de Porto Rico por 3 sets a 2. Se conseguisse a vitória, a seleção feminina poderia brigar pela quinta posição na competição.

O Brasil saiu atrás no placar perdendo o primeiro set por 25/21. Empatou o jogo com 25/19, Porto Rico ganhou o terceiro set com 25/22 e o Brasil fez 25/17 no quarto set, deixando a decisão para o quinto set. No tie-break, vitoria de Porto Rico por 15/12. O jogo teve duas horas de duração e Gabriela foi a maior pontuadora da nossa seleção com 17 pontos.

A Argentina venceu o Canadá por 3 a 2 e decide o quinto lugar contra Porto Rico. Brasil e Canadá disputarão a sétima colocação da Copa Pan-Americana.

       

Por Bruno Voloch às 08h57

25/06/2010

Peru se classifica para o Grand Prix após 16 anos

O vôlei peruano fez muito sucesso na década de 80 e início dos anos 90.

A geração atual é considerada promissora e a melhor dos últimos 10 anos. Disputando a Copa Pan-Americana no México, a seleção do Peru derrotou a Argentina por 3 sets a 1 e se classificou para as semifinais da competição.

Com o resultado, o Peru garantiu a quarta vaga das Américas para a disputa do Grand Prix edição 2011. Desde 1994 a seleção peruana não disputa o Grand Prix.

Estados Unidos, Cuba, República Dominicana e Peru serão os representantes das Américas no Grand Prix do ano que vem. 

As semifinais da Copa Pan-Americana serão jogadas na cidade de Tijuana no México. Os Estados Unidos jogam contra a República Dominicana e o Peru encara a seleção de Cuba.  

A final está marcada para esse sábado.

Por Bruno Voloch às 09h31

Brasil vence México pela Copa Pan-Americana

Depois da vitória sobre o Canadá ainda na fase de classificação, a seleção brasileira conseguiu a segunda vitória seguida na Copa Pan-Americana. O Brasil derrotou o México por 3 sets a 0, parciais de 25/11, 25/10 e 25/23.

O Brasil está sendo representado na competição pela seleção feminina juvenil que é dirigida pelo campeão brasileiro Luizomar de Moura. Na vitória contra o México, a central Ana Beatriz foi a maior pontuadora com 11 pontos. A partida durou somente uma hora.

Com o resultado o Brasil enfrentará Porto Rico ou Argentina valendo a quinta colocação da Copa Pan-Americana.

O Brasil é o atual campeão, mas com a decisão de levar uma equipe juvenil para o México, não ficou entre os 4 primeiros e perdeu a vaga para o Grand Prix 2011.   

Por Bruno Voloch às 09h18

23/06/2010

Lorena, destaque da última superliga, vai jogar no Perugia da Itália

Se Leandro Vissoto está voltando ao Brasil, Lorena está fazendo o caminho inverso. Vice-campeão brasileiro por Montes Claros, Lorena acertou sua transferência para o Perugia da Itália.

Lorena fez muito sucesso no vôlei francês onde brilhou durante 5 anos.

Sem perder tempo, Montes Claros assinou com oposto Leandrão. O jogador tem com 26 anos e passagens pelo vôlei da Coreia e do Japão. Ele chega para substituir Rivaldo que deixou o clube mineiro para ir jogar na Rússia.

Por Bruno Voloch às 20h30

Vôlei Futuro acerta contratação de Leandro Vissoto

A cidade de Araçatuba pode comemorar.

O Vôlei Futuro acertou a contratação do jogador Leandro Vissoto da seleção brasileira. Vissoto jogou as últimas temporadas pelo Trentino da Itália e conquistou o título mundial interclubes, a Champions League e o campeonato nacional.

Vissoto está com 27 anos e viaja hoje com a seleção para a Holanda.

O Vôlei Futuro já havia contratado o levantador Ricardinho, o líbero Mário Jr e o central Lucão, todos da seleção brasileira.  

Assim como fez escondendo a contratação de Ricardinho por 1 mês, a direção do clube paulista ainda não confirma a chegada de Vissoto. O blog na época bancou com exclusividade a contratação de Ricardinho, confirmada semanas depois pelo Vôlei Futuro. O caso de Leandro Vissoto é semelhante e o Vôlei Futuro só deve oficializar Leandro Vissoto quando ele voltar da europa com a seleção.     

 

Por Bruno Voloch às 14h14

Jesi, tradicional equipe italiana, desiste de jogar campeonato

O Novara apenas ameaçou algumas semanas atrás, mas o Jesi confirmou o que poucos acreditavam ser possível.

A direção do clube em nota oficial disse que o Jesi não vai jogar o campeonato italiano série A1 temporada 2010/2011.  

O Jesi contou no elenco com jogadoras como a russa Sokolova e a norte-americana Heather Bown. Simona Rinieri se transferiu para o Capri. O Jesi terminou o último campeonato na quarta posição e na Copa Itália caiu diante do Villa Cortese.

As brasileiras Carol Gattaz e Jaqueline já vestiram a camisa do Jesi.

A Federação Italiana deve confirmar nos próximos dias o nome do time que vai substituir o Jesi na primeira divisão. Rebaixado em quadra, o Conegliano é um dos candidatos a vaga. O Piacenza também briga para jogar a primeira divisão.

A CEV, confederação européia de vôlei, avisou que o Urbino Volley irá substituir o Jesi na copa européia de clubes. O Urbino foi quinto colocado no último campeonato e acaba herdando a vaga do Jesi. O Busto Arzisio da Itália é o atual campeão da CEV.

  

  

Por Bruno Voloch às 09h05

Cuba e Estados Unidos se classificam para o Grand Prix 2011

Com o encerramento da primeira fase da Copa Pan-Americana no México, as seleções dos Estados Unidos e de Cuba garantiram vaga para a disputa do Grand Prix 2011.

Os Estados Unidos terminaram na liderança do grupo B com 8 pontos e 4 vitórias em 4 jogos. Cuba também ficou em primeiro no grupo A com 10 pontos e ainda invicta na competição.

Hoje as seleções terão o dia de folga.

Nesta quinta-feira acontecem duas partidas pelas quartas de final do torneio. A República Dominicana dirigida pelo brasileiro Marcos Kwiek encara Porto Rico e a Argentina enfrenta o Peru. O vencedor de República Dominicana e Porto Rico pega os Estados Unidos na semifinal e Cuba aguarda o ganhador de Peru e Argentina.

Os ganhadores das semfinais também se classificam automaticamente para a disputa do Grand Prix 2011.

Eliminada e fora do Grand Prix no ano que vem, a seleção brasileira joga também na quinta-feira contra o México pela disputa do quinto lugar.   

Por Bruno Voloch às 08h37

21/06/2010

Terceira derrota seguida na Copa Pan-Americana deixa Brasil fora do Grand Prix em 2011

Representado pela seleção juvenil, o Brasil sofreu a terceira derrota consecutiva na Copa Pan-Americana que está sendo jogada no México.

Dessa vez o Brasil perdeu de 3 a 0 para a Argentina com parciais de 25/13, 25/15 e 25/22. A seleção já havia sido derrotada por Cuba na estreia e pela República Dominicana na segunda partida.

Para jogar as quartas de final, o Brasil tinha que ficar pelo menos na terceira colocação do grupo. Como já perdeu 3 vezes, a seleção pode no máximo chegar em quarto lugar.

O resultado deixa o Brasil eliminado e fora do Grand Prix em 2011. É a primeira vez na história que a seleção feminina não se classifica para o Grand Prix.

Nos demais resultados da Copa Pan-Americana, Cuba derrotou a República Dominicana por 3 sets a 2, o Peru fez 3 a 0 em Porto Rico, os Estados Unidos derrotaram Trinidad e Tobago por 3 a 0 e o México fez 3 a 1 na Costa Rica.   

Por Bruno Voloch às 09h01

20/06/2010

Rússia é a única seleção invicta na Liga Mundial

Após a realização da terceira rodada da Liga Mundial, apenas a Rússia ainda perdeu na competição. A Rússia é a única entre as 16 seleções que conseguiu vencer os 6 jogos e soma 17 pontos na liderança folgada do grupo C. Curiosamente, a Rússia jogou todas as partidas em casa e a partir de agora só vai jogar longe da torcida.

A seleção de Cuba também estava invicta, porém perdeu em casa de forma surpreendente para a Polônia por 3 a 0. Apesar do resultado negativo, Cuba ainda lidera o grupo D com 13 pontos, um a mais que a Alemanha.

Itália e Sérvia também perderam a invecibilidade na competição. Jogando em casa, a Itália perdeu por 3 a 2 na sexta-feira, mas devolveu o placar no sábado. A Sérvia ainda é líder com 15 pontos, seguida da Itália com 14.

A Coreia tem a pior campanha da Liga Mundia e perdeu todos os 6 jogos que disputou. A Argentina, que vai sediar as finais, é outra seleção que ainda não venceu.

  

        

Por Bruno Voloch às 18h34

Bernardinho terá sérios problemas para escalar a seleção

O retorno de Dante foi a melhor notícia do fim de semana.

Depois de 6 jogos em casa, 5 vitórias e uma derrota, a seleção viaja na próxima quarta-feira para jogar contra a Holanda. Depois uma esticada até a Coréia e volta para o continente europeu onde vai encarar a Bulgária.

Mas Bernardinho terá problemas para escalar a seleção. Nada sério, mas um problema que todo treinador gostaria de ter.

Na ponta, Bernardinho tem várias opções para escalar o time titular. E quem serão os ponteiros contra a Holanda ?

Giba e Dante, Dante e Murilo ou Giba e Murilo ?

E como não apostar na permanência de Wallace como titular na vaga de Vissoto ?

Essa possibilidade é mais remota, mas Wallace provou que pode sim brigar de igual para igual com Vissoto.

Mas na ponta o duelo será interessante demais. Isso sem falar no ótimo Thiago Alves.

Quem Bernardinho vai escalar ?

Apostaria hoje em Giba e Murilo.

Murilo não pode sair do time e foi o jogador mais regular do Brasil nas 6 partidas jogadas na Liga Mundial. Dante atuou apenas uma partida e Giba esá com mais ritmo de jogo. Por isso, a dupla deve ser mesmo Giba e Murilo.

Teoricamente é a única dúvida de Bernardinho. No meio Rodrigão e Lucão são absolutos.

Mas ainda estamos distantes das finais da liga que acontecerão somente a partir de 21 de Julho na Argentina. 1 mês mais precisamente e até lá certamente Bernardinho ainda vai fazer novas observações.

É evidente que não existe a necessidade de decidir a formação titular com tanta antecedência, mas cetamente o objetivo de Bernardinho é colocar todos os jogadores em condições de jogo e ter o maior leque de opções.

Hoje, Giba e Murilo estão na frente. Mas Dante vai incomodar na ponta e Wallace na saída. É apenas questão de tempo.     

Por Bruno Voloch às 18h18

Vitória valeu pelo retorno de Dante

Discordo daqueles que acham que a seleção deu espetáculo e arrasou contra a Coreia.

Sinceramente, acho que nossa seleção faz mais do que obrigação vencendo por 3 a 0. A Coreia é fraquíssima e jamais poderia ter nos roubado aquele set na sexta-feria. Mas isso é passado e o mais importante foram os 6 pontos conquistados e a liderança do grupo.

Mas se na sexta-feira não havia o que comentar e muito menos o que comemorar, no sábado foi diferente. E foi diferente graças a atuação de Dante.

O jogador ficou fora durante uma temporada inteira para cuidar da saúde do filho Antônio, mas nunca perdeu a vontade de estar na seleção. Ele esteve em quadra apenas na estreia contra a Bulgária e finalmente atuou contra a Coreia.

Dante foi o nome da partida com 18 pontos.

Outro jogador que merece ser citado é o oposto Wallace. O atleta jogou com incrível personalidade e sem medo de errar.

No geral o Brasil melhorou no fundamento saque, mas segue sendo inconstante em determinados momentos da partida.

A vitória valeu pelo retorno de Dante.

  

 

Por Bruno Voloch às 18h03

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.