Blog do Bruno Voloch

18/09/2010

Estados Unidos não vão ter força máxima contra o Brasil

A seleção dos Estados Unidos que vai disputar 4 amistosos contra o Brasil não será a mesma que conquistou o Grand Prix no mes passado.

O treinador Hugh McCutcheon não poderá contar com Logan Tom e Nicole Fawcett. Com a ausência das duas jogadoras, McCutcheon chamou a oposta Nancy Metcalf e a ponteira Kimberly Glass.

Além delas, mais 13 atletas estão relacionadas para os amistosos contra o Brasil. O técnico norte-americano terá à disposição as jogadoras Nnamani, Alisha Glass, Stacy Sykora, Nicole Davis, Heather Bown, Cynthia Barboza, Jennifer Tamas, Jordan Larson, Paolini, Akinradewo, Spicer, Megan e Destinee Hooker.     

O primeiro amistoso entre Brasil e Estados Unidos acontecerá no sábado dia 25 em Maringá.

Por Bruno Voloch às 17h16

Itália arrasa Turquia e Rússia faz 3 a 1 na Bulgária

Itália e Rússia seguem invictas no torneio classificatório para o Grand Prix 2011.

Pela segunda rodada da competição, a Rússia ganhou da Bulgrária por 3 sets a 1 com parciais de 25/15, 25/18, 18/25 e 25/13. Gamova e Sokolova foram as principais jogadoras russas na partida. Gamova fez 21 e Sokolova 18 pontos.

Fechando a rodada em Cagliari, a Itália passou por cima da Turquia sem dificuldades. O time italiano fez 3 a 0 com 25/15, 25/18 e 25/16.

Itália, Rússia e Alemanha lideram o torneio com duas vitórias.

 

   

Por Bruno Voloch às 16h59

Alemanha derrota Holanda e conquista segunda vitória em Cagliari

A Alemanha segue firme na luta por uma das vagas para o Grand Prix 2011.

Jogando em Cagliari, a seleção comandada por Giovanni Guidetti venceu a Holanda de virada por 3 sets a 1 com parciais de 22/25, 26/24, 25/18 e 25/21.

Kozuch foi novamente o destaque da seleção alemã com 20 pontos. A Holanda, que perdeu a ponta Chaine contundida no terceiro set, soma duas derrotas na competição e está praticamente sem chances de conseguir uma das vagas para a edição de 2011.

O classificatório europeu está sendo jogado na cidade de Cagliari na Itália e apenas os dois primeiros colocados estarão classificados.

Neste domingo a Alemanha enfrenta a Rússia e a Holanda encara a Itália.

Por Bruno Voloch às 14h16

17/09/2010

Virada alemã no tie-break é preocupante

Perder nunca é bom, ainda mais tratando-se da seleção masculina que está acostumada a vitórias e conquistas.

Perder às vésperas da estreia no mundial não é de fato interessante. 

A Alemanha está longe de ser uma das forças do mundial, mas é respeitada na europa. Nada além disso. Os amistosos serão interessantes, a seleção vai ganhar ritmo de jogo e confiança para a competição. Assim espero.

Preocupante mesmo foi a maneira como a seleção perdeu o quinto set do primeiro jogo. Sinceramente, não me lembro de uma derrota parecida e nessas circunstâncias. Abrir 9 a 3 e permitir a virada da Alemanha é anormal. Temos uma seleção experiente e muito rodada. A questão não me parece ter sido técnica e sim emocional.

É evidente que a gente pode e deve levar em consideração a viagem desgastante e o fuso horário. Mas longe de encontrar só na viagem e no fuso desculpas para a derrota. Esses fatores devem ter contribuído, mas não foram determinantes.

Há menos de uma semana do mundial, Bernardinho precisa definir o levantador titular e recuperar fisicamente o central Lucão e o oposto Vissoto.

De positivo na vitória no segundo jogo, foi ver Vissoto mais solto e aparentemente inteiro. As parciais foram bem apertadas, provando o equilíbrio da partida.

Bruno e Alan atuaram como titulares nos lugares de Marlon e Mário Jr. Sidão substituiu Lucão.

Diz Bernardinho, que no último amistoso na terça-feira, deve escalar o time considerado titular. Pelo que vem demonstrando, a única dúvida é em relação ao levantador. Bruno ou Marlon.

No mais, Dante e Murilo, Lucão e Rodrigão e Vissoto de oposto. Os elogios ao desempenho de Alan, deixam em dúvida o aproveitamento de Mário Jr. Se mantiver a coerência, a tendência deve ser escalar Mário Jr de titular.

Tomara que a virada no quinto set do primeiro jogo não tenha mesmo passado de um grande acidente.       

 

 

Por Bruno Voloch às 20h15

Rússia, Alemanha e Itália vencem na estreia em Cagliari

A primeira rodada do torneio classificatório para o Grand Prix 2011 não teve surpresas. 

Abrindo a competição, a Rússia encontrou dificuldades mas derrotou a Holanda por 3 sets a 2 com parciais de 28/30, 25/22, 25/22, 22/25 e 15/13. Gamova marcou 21 pontos e Manon Flier fez 19.

A Alemanha contou com o retorno da central e capitã Fürst e passou pela Turquia de virada por 3 a 1. Fürst jogou os 4 sets e terminou a partida com 7 pontos. Kozuch foi o destaque da Alemanha com 19 pontos.

No último jogo da primeira rodada, a Itália teve dificuldades e passou sufoco diante da Bulgária. O time italiano venceu o primeiro set por 26 a 24. No segundo set a vitória foi mais tranquila e as italianas fizeram 25/22. A Bulgária reagiu e fechou o terceiro set com 25/21. A seleção da Bulgária teve a possibilidade de levar a partida para o quinto set depois de estar vencendo o quarto set por 23 a 21. Mas a maior experiência da Itália acabou prevalecendo e as donas da casa fecharam o set com 25/23.

Ortolani e Gioli foram as principais jogadoras da Itália. 

A segunda rodada acontece neste sábado com 3 partidas. A Itália enfrenta a Turquia, a Alemanha encara a Holanda e a Rússia joga contra a Bulgária.

Duas seleções apenas se classificarão para o Grand Prix 2011.      

Por Bruno Voloch às 19h57

16/09/2010

Quadrangular em Katowice na Polônia servirá de preparação para o mundial feminino

O fim de semana na europa será movimentado.

Entre os dias 17 e 22, a cidade de Cagliari na Itália estará sediando o classificatório europeu para o Grand Prix 2011. Participarão da competição as seleções da Itália, Rússia, Bulgária, Holanda, Turquia e Alemanha.

Em Katowice na Polônia, as donas da casa irão receber Croácia, Sérvia e República Tcheca. O quadrangular serve também como preparação para o campeonato mundial do Japão.

A Polônia por sinal tem nova capitã. Com a ausência confirmada da Skowronska, as jogadoras se reuniram e elegeram a Aleksandra Jagielo. O sistema de escolha foi o mesmo utilizado pelo treinador José Roberto Guimarães. Após a saída de Fofão, as jogadoras através de uma votação escolheram a central Fabiana como nova capitã.

O treinador da Polônia, Jerzy Matlak, está brigado com Skowronska e por isso a jogadora ficará de fora do mundial do Japão. A veterana Glinka, deverá voltar a vestir a camisa da seleção no quadrangular.

Croácia e Sérvia abrem o torneio e Polônia e República Tcheca fecham a primeira rodada. As 4 seleções estarão no mundial e a República Tcheca será adversária da seleção brasileira na primeira fase.   

Por Bruno Voloch às 21h05

Com time titular em quadra, Itália vence amistoso contra a Rússia por 3 a 1

A Itália encerrou os preparativos visando o torneio classificatório para o Grand Prix 2011 derrotando a Rússia por 3 a 1. As parciais foram de 25/23, 14/25, 25/22 e 25/21.

O treinador Barbolini colocou em quadra o que tem de melhor e a seleção italiana atuou com Lo Bianco, Ortolani, Piccinini, Del Core, Gioli, Barazza e a líbero Merlo.

A central Gioli foi a melhor jogadora em quadra e marcou 19 pontos. Pelo lado da Rússia, o destaque foi a Goncharova. O time russo atuou com Startseva, Gamova, Sokolova, Goncharova, Borodakova, Perepelkina e Kryuchkova.

A líbero Kabeshova que machucou o joelho, jogou os 4 sets e vai participar normalmente do classificatório que começa nesta sexta-feira em Cagliari.

A Rússia faz seu primeiro jogo contra a Holanda e a Itália estreia contra a Bulgária. 

 

     

Por Bruno Voloch às 20h44

15/09/2010

Barbolini deixa Costagrande fora do classificatório para o Grand Prix 2011

O site da FIVB dá como certa a presença de Carolina Costagrande no mundial do Japão, porém o torcedor italiano e amante do vôlei terá que esperar um pouco mais para ver Costagrande com a camisa da seleção.

Massimo Barbolini, treinador da Itália, optou em não relacionar a jogadora para a próxima competição oficial da seleção. 

A partir do dia 17, próxima sexta-feira, a cidade de Cagliari vai sediar o classificatório europeu para o Grand Prix 2011. Além da Itália, participarão da competição as seleções da Rússia, Bulgária, Turquia, Alemanha e Holanda.

A líbero Paola Cardullo que se recupera de contusão também não foi relacionada. A expectativa é que Cardullo se recupere para jogar o mundial do Japão.

A lista de Barbollini conta com as levantadoras Lo Bianco e Rondon, as atacantes Bosetti, Ortolani, Del Core, Di Iulio e Piccinini, as centrais Arrighetti, Barazza, Garzaro e Gioli e a líbero Merlo.

A Itália conquistou no último fim de semana o tetracampeonato europeu na categoria juvenil. A Itália derrotou na decisão a seleção da Sérvia por 3 sets a 1.      

Caterina Boseti, irmã de Lucia Bosetti que está na seleção adulta, foi eleita a melhor jogadora do europeu juvenil. Caterina tem somente 16 anos e joga pelo Villa Cortese.

  

 

 

 

Por Bruno Voloch às 13h37

Split 1700 da Croácia contrata treinador brasileiro

Ângelo Vercesi, treinador brasileiro que dirigiu o Pesaro da Itália, é o novo técnico do Split 1700 da Croácia.

Ele chega para comandar a equipe no campeonato nacional e também na Champions League. O Split 1700 terá como adversários na primeira fase o Bergamo da Itália, Dínamo da Rússia e Fenerbahçe.

É a primeira vez que um profissional brasileiro chega para ser treinador de um time na Croácia. Vercesi indicou e a direção do clube croata acertou as contratações da levantadora Marcelinha e da ponta Mariana. As duas atletas estavam atuando pelo Burgos da Espanha.

    

   

 

Por Bruno Voloch às 13h15

13/09/2010

Rússia mostra força e ganha quadrangular em Belgrado

As principais seleções do mundo seguem se preparando para o campeonato mundia da Itália.

No último fim de semana, Sérvia, Rússia, Cuba e Bulgária realizaram um torneio quadrangular na cidade de Belgrado.

De forma invicta e com 3 vitórias convincentes, a Rússia conquistou o quadrangular. No primeiro jogo a Rússia venceu a Bulgária por 3 a 2. Na segunda partida os russos fizeram 3 a 1 em cima de Cuba e na terceira partida a Rússia derrotou a Sérvia no tie-break.

Cuba ficou em segundo lugar com duas vitórias, a Bulgária ganhou apenas uma partida e a Sérvia perdeu os 3 jogos que realizou.

O atacante russo Muserskiy foi o melhor jogador do torneio e o jovem atacante cubano Leon também teve ótimo aproveitamento.

A Sérvia contou com o retorno do craque Miljkovic. A atleta não jogou a Liga Mundial para descansar, mas confirmou que estará presente no mundial.

O campeonato mundial da Itália começa no dia 25 de setembro. A Rússia está no grupo C e faz o primeiro jogo contra Camarões.     

 

Por Bruno Voloch às 09h10

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.