Blog do Bruno Voloch

18/12/2010

Liderança do Rio é apenas 'ilusória'

5 jogos, 5 vitórias, 10 pontos e apenas 2 sets perdidos. Uma campanha que beira mesmo a perfeição. 

Mas o torcedor carioca não deve se iludir. Nem pode.

O Rio de Janeiro está fazendo um ótimo início de superliga, mas essa liderança é 'ilusória'. A equipe comandada por Bernardinho enfrentou adversários fracos e que não estarão entre os semifinalistas da competição.

São Bernardo, Minas, Mackenzie e Macaé não vão tirar pontos de Osasco e Rio de Janeiro. Me arrisco a dizer que o Rio não fez mais do obrigação em ganhar essas partidas. Não entendo portanto esse alarde todo em função da liderança.

Aliás, a tabela caiu do céu para o Rio de Janeiro. Jogar em casa ou fora contra essas equipes é absolutamente indiferente. O curioso é que o Rio jogou as 5 partidas inicias fora de casa e no segundo turno terá uma sequência de jogos muito mais tranquila e menos desgastante. 

Alguém saberia explicar os motivos ?

Duvido.

As jogadoras em breve estarão liberadas para as festas de fim de ano e no retorno fazem dois amistosos contra São José e Brusque. Serão 7 vitórias seguidas até finalmente viajar e enfrentar o Vôlei Futuro em Araçatuba.

 

Por Bruno Voloch às 16h39

Pierre deve ser anunciado pelo Vasco nas próximas horas

O volante Pierre deverá ser mais um reforço do Vasco para a temporada 2011.

Pierre já foi comunicado pelo Palmeiras que não terá seu contrato renovado. O clube paulista tem interesse na contratação de Chico do Atlético Paranaense.

O Vasco não conta mais com Rafael Carioca e a idéia da diretoria é trazer Pierre para atuar na posição.

Pierre seria o terceiro reforço do Vasco. O time já contratou o zagueiro Anderson do Vitória e o atacante Marcel que passou pelo Santos.  

Por Bruno Voloch às 16h07

16/12/2010

CBV se supera, altera 30 jogos da superliga e culpa canal Sportv

A CBV dessa vez conseguiu se superar.

O campeonato nem chegou na metade e a entidade numa tacada só alterou 30 partidas da superliga. 14 jogos do feminino e 16 do masculino tiveram horários ou datas alterados.

Segundo a CBV, as mudanças aconteceram somente em função da solicitação do canal Sportv que detém os direitos de transmissão do evento.  

Mas a alegação não convence muito. Nem todos os 30 jogos alterados serão transmitidos ao vivo e algumas partidas foram alteradas por indisponibilidade de ginásios e ações promocionais.

Por Bruno Voloch às 08h50

Bergamo estreia no mundial com vitória

O mundial de clubes disputado em Doha no Qatar segue sem zebra.

Um dos favoritos ao título, o Bergamo da Itália, estreou na competição derrotando o Mirador da República Dominicana por 3 sets a 0.

Sem poder contar com a levantadora Lo Bianco que se recupera de uma cirurgia, o Bergamo jogou ainda sem a ponteira Piccinini que está com um problema muscular. O time teve dificuldades para vencer o primeiro set e ganhou por 27 a 25 depois de estar perdendo por 17 a 11.    

Depois de fazer 1 a 0 o jogo ficou tranquilo para o Bergamo que chegou a fazer 10 a 0 no segundo set e fechou com 25 a 12. O terceiro set foi equilibrado, mas vencido também pelo Bergamo por 25 a 22.

Ortolani foi a maior pontuadora da partida com 16 pontos.

Se derrotar o Kenya Prisons na sexta-feira, o Bergamo termina em primeiro lugar no grupo e espera por Osasco ou Fernabahce na semifinal do mundial.

 

Por Bruno Voloch às 07h55

Botafogo contrata lateral Márcio Azevedo

O lateral-esquerdo Márcio Azevedo será anunciado hoje oficialmente como novo reforço do Botafogo para a temporada de 2011.

O empresário Reinaldo Pita está acertando a compra dos direitos federativos do atleta e vai colocá-lo no clube.

Márcio Azevedo está com 24 anos e jogava pelo Atlético Paranaense. Por causa de uma contusão no joelho direito, o jogador atuou em apenas 10 jogos no campeonato brasileiro desse ano.

Com a chegada de Márcio Azevedo, o Botafogo descarta qualquer possibilidade da permanência de Marcelo Cordeiro. 

Por Bruno Voloch às 07h29

15/12/2010

Leandro Guerreiro pede para deixar o Botafogo e pequenos detalhes separam jogador do Cruzeiro

O ciclo do meio-campo Leandro Guerreiro no Botafogo está praticamente encerrado. O próprio jogador pediu a diretoria para não permanecer no clube na temporada 2011.

Segundo Leandro, com a saída de Lúcio Flávio para o futebol mexicano, ele passaria a ser o único remanescente do periodo de 3 anos entre 2007 e 2009 quando o Botafogo ficou marcado por perder 3 títulos consecutivos para o Famengo.

Leandro teria dito que a carga seria muito pesada e que o longo período no clube já teria o desgastado com a torcida. Embora seja um dos jogadores mais elogiados pelos torcedores, Leandro Guerreiro foi muito vaiado nos últimos jogos do Botafogo no campeonato brasileiro.

O Cruzeiro deve ser o destino do jogador. Cuca trouxe Leandro para o Botafogo e já manifestou interesse em contar com o atleta em 2011. Leandro já teria acertado as bases contratuais com o Cruzeiro.

O clube mineiro ofereceu em troca o jogador Fabinho e depois Pedro Ken. O Botafogo não aceitou e sugeriu 3 nomes ao Cruzeiro. Fabrício, Henrique ou Marquinhos Paraná. Se um desses 3 jogadores forem liberados, a troca deve acontecer e a negociação evoluir nos próximos dias.     

Por Bruno Voloch às 22h34

Apesar do titulo, 'barca' do Flu deve sair recheada

Aos poucos a diretoria do Fluminense deixa transparecer quais jogadores serão negociados para 2011.

A famosa 'barca' terá jogadores importantes e que já foram considerados ídolos dos torcedores como o caso do goleiro Fernando Henrique. Ele e o antigo titular, Rafael, serão em breve procurados para a rescisão de contrato. Os dois não fazem parte dos planos do treinador Muricy Ramalho que já pediu a renovação de Ricardo Berna.

Isso não significa dizer que Berna será titular em 2011. Muricy pediu a contratação de um goleiro mais experiente e Diego Cavalieri, ex Palmeiras e atualmente no Cesena da Itália, é o nome que mais agrada o treinador.

Thiaguinho só ficará nas Laranjeiras se o Fluminense não conseguir contratar um reserva para Mariano. O zagueiro Cássio e o argentino Equi Gonzalez já foram dispensados pelo clube.

O lateral Gerson e o meia Leandro Teixeira, pouco conhecidos do torcedor tricolor, também não devem permanecer. Leandro jogou a série B pelo Duque de Caxias.

Bruno Veiga retorna de empréstimo ao Náutico e a direção já avisou ao atleta que ele será emprestado novamente. O lateral João Paulo que fez uma boa temporada no Figueirense, já acertou sua transferência para a Ponte Preta.

  

Por Bruno Voloch às 20h55

Indicado por Vanderlei Luxemburgo, Flamengo corre atrás de Ciro do Sport

Enquanto sonha com o possível retorno de Adriano, o Flamengo enfrenta a dura realidade e a batalha por reforços.

A diretoria espera atender o pedido do treinador Luxemburgo que indicou a contratação do atacante Ciro do Sport. O jogador foi um dos destaques do time pernambucano na série B desse ano.

Essa não é a primeira vez que o Flamengo se interessa por Ciro. Em julho o clube chegou a oferecer cerca de R$ 4 milhões pelo jogador, mas o Sport não aceitou.

Agora, além de uma quantia financeira, o Flamengo vai oferecer ao Sport alguns jogadores que poderão ser incluídos na negocição. O próprio técnico Luxemburgo irá montar uma lista com os jogadores negociáveis.

 

Por Bruno Voloch às 18h56

Se repetir atuação de hoje, Osasco cai diante do Fenerbahce

O público parecia prever. Com o ginásio Al-Garafa praticamente vazio, o time do Osasco venceu o Fenerbau por 3 a 0 e estreou com vitória no mundial de clubes.

O jogo foi muito fraco tecnicamente e a equipe brasileira teve dificuldades nos dois últimos sets.  

Lógico que o peso de uma estreia em mundial pode e deve ter interferido no desempenho do time, mas Osasco não jogou bem e terá que melhorar muito se quiser derrotar o Fenerbahce da Turquia nesta quinta-feira.

A ansiedade da primeira partida passou, só que para derrotar o forte time do Fenerbahce, Osasco vai precisar ser mais regular e constante no jogo. Se repetir o desempenho e os erros que teve diante do Fenerbau, Osasco perde para o Fenerbahce na segunda partida.

 

Por Bruno Voloch às 14h33

Com medo do assédio, Botafogo quer garantir Loco Abreu até 2012

O Cruzeiro através do técnico Cuca já manifestou interesse em contar com Loco Abreu na temporada de 2011.

Segundo Cuca, Loco Abreu é experiente e seu estilo de jogo considerado ideal para a libertadores. Mas o Botafogo está se defendendo como pode.

Loco Abreu chegou ao Botafogo no início desse ano e em julho teve seu contrato renovado até meados de 2011. Preocupada com o interesse do Cruzeiro e de alguns clubes de fora do Brasil, a diretoria do clube vai propor ao procurador do jogador, Jorge Chijane, um contrato até dezembro de 2012.

O jogador passa férias no Uruguai e se apresenta no início de janeiro ao Botafogo.

Por Bruno Voloch às 11h45

Marcelo Cordeiro pode trocar Botafogo pelo Flamengo

O Botafogo que se apresse. Caso contrário, pode levar um duro golpe do arqui-rival Flamengo nas próximas horas.

O clube rubro-negro já manifestou interesse em contar com Marcelo para a temporada de 2011. O Flamengo está sem um especialista na posição desde que Juan foi dispensado pelo treinador Vanderley Luxemburgo.

O Internacional, dono dos direitos federativos de Marcelo Cordeiro, quer contratar Leonardo Moura para a disputa da libertadores do ano que vem e estaria disposto a facilitar as coisas para o Flamengo incluindo dessa maneira Marcelo Cordeiro e mais uma quantia financeira por Leonardo Moura.

Marcelo Cordeiro foi emprestado por 1 ano ao Botafogo e até agora ainda não foi procurado pelos dirigentes para uma possível renovação de contrato. Se não acontecer o acordo, o jogador irá se apresentar em janeiro ao Internacional. 

 

 

Por Bruno Voloch às 08h59

14/12/2010

Árbitro relata incidentes na súmula. Jogadores serão suspensos e Vôlei Futuro perderá mando de quadra

Se depender da súmula do árbitro Jediel de Carvalho, todos os envolvidos na confusão após a partida entre Vôlei Futuro e Cimed serão punidos. O Vôlei Futuro deverá ainda perder o mando de quadra no segundo turno da competição.

O blog conversou com há pouco com o árbitro. Jediel confirmou que relatou na súmula todos os incidentes acontecidos após a vitória da Cimed:

"Tenho até 24 horas para fazer a súmula da partida e relatei apenas o que todos viram. Os jogadores Jardel e Luzinho estão nessa relato e cabe a unidade técnica da CBV analisar o caso e passar ao tribunal. O jogador Daniel tentou agredir o treinador Marcos Pacheco e fiz o meu dever de relatar na súmula do jogo. O caso do Daniel é mais sério, uma vez que esse atleta não estava relacionado para a partida e apareceu dentro da quadra na hora da confusão".

Jediel disse que não sabe como Daniel entrou na quadra e que esse é um problema para o tribunal resolver:

"Não posso jamais desconfiar dos seguranças do ginásio que agiram bem e conseguiram apartar a confusão. Mas o jogador do Vôlei Futuro deve ser conhecido e por isso pode ter tido facilidade para entrar em quadra. Não estou afirmando, mas é uma possibilidade."

Árbitro conceituado no esporte, Jediel afirmou que se a filosofia do presidente da CBV Ary Graça for seguida, a punição certamente acontecerá:

"Embora não tenha interferência direta no julgamento, o Ary prima pela disciplina e não gosta de deixar essas situações sem punição".

A súmula da partida deve chegar na confederação até a próxima sexta-feira. O gerente da unidade técnica da CBV, Sérgio Negrão será o responsável de passar ou não o caso para o tribunal de justiça desportiva.            

Por Bruno Voloch às 18h28

CBV tem obrigação de apurar e punir os envolvidos na briga em Araçatuba

Que belo jogo. A Cimed ganhou na bola e com méritos do Vôlei Futuro por 3 a 2.

Foi sem dúvida a melhor partida da superliga até agora e pena que tenha tido um desfecho tão ruim.

Não dá. É inaceitável o comportamento de alguns jogadores do Vôlei Futuro após as partidas. A CBV tem obrigação de punir os brigões e a partir de agora estar mais atenta aos jogos envolvendo o time masculino do Vôlei Futuro.

Fico me perguntando e não consigo encontrar explicação para esse tipo de atitude. Não foi a primeira vez e pelo jeito não será a última. O time do Vôlei Futuro é reincidente e nas finais do paulista diante do Sesi vimos o mesmo filme.

Não seria melhor falar do jogo, da bela atuação de Bruninho, do ótimo desempenho de João Paulo e da garra do time de Araçatuba que não se entregou em nenhum momento ?

Óbvio que sim.

Segundo o levantador Bruninho, um torcedor do Vôlei Futuro teria cuspido no preparador físico da Cimed. Que vergonha.

Torço sinceranente para que tenha sido um caso isolado.

O que pensam os jogadores do Vôlei Futuro ?

Será que se acham mais homens do que os demais ?

Daniel, líbero reserva, é metido a valente e já tinha encarado Sidão nas finais do paulista. A CBV que me responda como um jogador que não estava relacionado pode invadir a quadra e brigar com o adversário ?

A CBV ainda vai se omitir ? Até quando ?

Assim como Daniel entrou em quadra, outro torcedor qualquer poderia ter entrado e sabe-se lá quais seriam as consequências.

Os envolvidos precisam e devem ser punidos exemplarmente e o Vôlei Futuro, se for o caso, ficar alguns jogos sem o mando de quadra. É o mínimo que se pode esperar de uma entidade que se diz séria e responsável.

 

   

Por Bruno Voloch às 17h19

Diretoria, comissão técnica e jogadores do Botafogo não querem permanência de Jobson no clube

O futuro de Jobson não será em General Severiano.

Atlético Mineiro e Palmeiras já demonstraram interesse na contratação do jogador, mas o certo é que Jobson não ficará no clube em 2011.

O presidente Maurício Assumpção e alguns diretores do clube consideram Jobson problemático e acreditam que a permanência dele no elenco para o ano que vem abriria um precedente perigoso. Fora os vários problemas extra-campo, a diretoria do clube não engoliu o fato de Jobson ter dois empresários.

Joel Santana é outro que se cansou das indisciplinas de Jobson e embora reconheça um enorme potencial no jogador, não quer trabalhar novamente com o atleta em 2011.

Nem os jogadores toleram mais essa situação. Nas últimas rodadas do campeonato, o meio campo Lúcio Flávio, negociado para o Atlas do México, disse abertamente que Jobson havia passado dos limites e que não soube aproveitar as chances dadas pela comissão técnica.

Jobson não tem mais a simpatia de boa parte do elenco e entrar 2011 com o grupo 'rachado' é algo que definitivamente não faz parte dos planos do Botafogo.

O Botafogo quer R$ 10 milhões para se livrar do jogador que não faz parte dos planos para o ano que vem.   

Por Bruno Voloch às 14h33

De cara nova, blog abre espaço também para o futebol

Ano novo, vida nova. O blog também terá uma cara diferente a partir de hoje.

Estamos chegando muito perto de 2011 e em comum acordo com a direção do UOL, decidimos abrir novos horizontes. 

O blog a partir de agora não vai tratar somente de vôlei. O espaço também será reservado para as demais modalidades e principalmente o futebol.

Tive o prazer de poder viver grande parte dos meus 22 anos de carreira dentro dos gramados. Nesse período rodamos o Brasil e o mundo participando de transmissões ao vivo dos mais diversos campeonatos e eventos como Copa do Mundo.

A idéia dessa nova parceria proposta, é dar ao leitor do UOL o direito de ler mais uma opinião sobre o futebol carioca, trazer um pouco do nosso conhecimento e lógico os bastidores. 

O vôlei ?

Claro que não será esquecido e nem poderia. A mecânica somente será diferente. Todo notícia por mim postada, entrava direto nas últimas do vôlei e com merecido destaque. Agradeço.

Desde hoje toda e qualquer notícia relacionada ao vôlei poderá ser lida diretamente no blog. Se merecer destaque, vai estar na página do respectivo esporte.        

As opiniões, entrevistas e furos de reportagem relacionados ao vôlei seguirão no mesmo ritmo. A idéia é tão somente abir o leque de opções e usar também o conhecimento que temos dentro do futebol, em especial o carioca.

O blog do Voloch ganha ainda mais espaço e tenho absoluta convicção que a parceria será de grande sucesso. Espero e conto com a credibilidade dos quase 4 milhões de leitores que nos acompanharam até hoje. Números considerados marcantes para um blog até então destinado somente ao vôlei.  

A cara e o estilo do blog não mudam com a chegada do futebol. A seriedade nas palavras, o compromisso com a verdade e principalmente a independência jornalística vão nos acompanhar nesta nova etapa do blog.  E mais uma vez lembro aos leitores que o vôlei não perderá seu espaço, podem me cobrar. 

Por Bruno Voloch às 12h39

12/12/2010

Osasco viaja para o mundial como verdadeiro líder da superliga

Os 'números não mentem jamais'.

Esse velho e famoso ditado popular não vale para a superliga masculina onde os números mentem e muito.

Já na superliga feminina, seguimos distante também de uma tabela decente, mas a classificação não está tão distante da realidade.

Osasco e Rio de Janeiro, prováveis finalistas novamente, lideram a competição com 4 jogos e 4 vitórias. Osasco viaja para jogar o mundial de clubes como líder, mas por questões óbvias perderá essa posição quando retornar.

Vôlei Futuro e Pinheiros, com um jogo cada e nenhuma derrota, ocupam hoje nona e décima colocações. Na verdade as duas equipes estão mesmo brigando, como deve ser até o fim, pelo terceiro lugar, hoje do Minas.

Do quinto ao décimo segundo lugar tudo pode acontecer entre Minas, Macaé, Uberlândia, Mackenzie, São Bernardo, Brusque, São Caetano e São José com menos chances para os dois últimos.

Diferente da superliga masculina onde o equilíbrio é muito maior, na superliga feminina já sabe que Osasco, Rio, Pinheiros e Vôlei Futuro serão os 4 semifinalistas.         

Não é justo e também não é o ideal, mas nesse caso é menos complicado a diferença de jogos entre as equipes, uma vez que conhecemos aqueles que estarão entre os semifinalistas.

É apenas questão de tempo ver Pinheiros e Vôlei Futuro entre os 4 na classificação. Basta apenas que essas duas equipes cheguem ao mesmo números de jogos do Minas, hoje terceiro colocado.

Repito. Não é o ideal e diria que é injusto para aqueles que brigam para ficar do quinto ao oitavo. Mas no feminino não faz diferença ter 1 ou 10 jogos. Todo mundo sabe quais times chegarão. É apenas questão de tempo.       

A CBV errou nos dois casos. No feminino, essa diferença de jogos não será tão sentida assim. Evidente também que com a participação do time de Osasco no mundial, a tabela fica ainda mais 'quebrada'. Nesse específico, sem culpa da CBV.

Mas é obrigação, assim como fez a CBF com o Internacional, deixar todas as equipes com o mesmo número de jogos nas últimas rodadas.       

Por Bruno Voloch às 10h06

Com cara de brasileirão à moda antiga, números da superliga não batem e enganam torcedor

3 times se destacam nesse início de superliga masculina. Pelo menos nos números, as campanhas de Montes Claros, Cimed e principalmente Sesi nos chamam a atenção.

O ruim dessa história toda é que estamos perto de 2011 e somos obrigados a analisar uma classificação sem pé nem cabeça. Gostaria de saber qual a dificuldade em organizar uma tabela coerente e justa com todos os times jogando na mesma rodada e com o número de jogos iguais ?

A CBV nos deve uma explicação faz tempo, mas não vai fazer isso. Seria admitir que escolheu a pessoa ou as pessoas erradas e criar uma crise interna. A justificativa de que as finais do paulista aconteceram no mesmo período não serve como desculpa, sinto muito. 

O que não dá é olhar para a tabela e ver Montes Claros e o Vôlei Futuro, dois sérios candidatos ao título, com uma diferença de 5 jogos. Os mineiros jogaram 10 vezes e o time de Araçatuba 5.

Não é piada. Basta olhar com atenção os números.

Essa superliga me faz lembrar o brasileirão de anos atrás e antes dos pontos corridos. Nessa época a gente vivia a mesmo situação e a CBF era massacrada pela mídia. Me recordo que nós éramos obrigados a dizer que o líder do campeonato não era aquele que tinha somado mais pontos ao fim da rodada e sim o que tinha perdido menos pontos até aquele momento.

É exatamente esse o caso da superliga. A tabela foi pessimamente elaborada, deixa brechas enormes e as críticas são inevitáveis.

Enquanto não arrumar a casa e tiver um calendário decente, a CBV pode seguir trazendo estrangeiros e repatriando jogadores de seleção que mesmo assim não será, como não é, o melhor campeonato do mundo. Estamos muito atrás da Itália, isso citando apenas um país.

O Sesi é o verdadeiro líder da superliga com 8 vitórias e ainda invicto. Cimed e Montes Claros estariam hoje na segunda colocação empatados com uma derrota cada e uma leve vantagem para Montes Claros que fez mais jogos. O Cruzeiro parece ser de fato e de direito o quarto com duas derrotas e o Vôlei Futuro está na verdade em quinto e não em décimo como aparece na classificação com as mesmas duas derrotas.

O Pinheiros, que segue o mesmo roteiro do ano passado, briga com São Bernardo pela sexta colocação. Pela CBV o time da capital aparece em quinto, mentira, e São Bernardo apenas em décimo segundo. Que loucura !

O Minas passa de sétimo para o oitavo lugar, enquanto Campinas, hoje em décimo terceiro, seria o nono. Que salada, CBV ...

E Londrina ? Cai de sexto para décimo lugar.     

Volta Redonda, Blumenau e Sogipa estão na realidade brigando pelo décimo segundo lugar e não pela oitava posição como parece ser.

Nada disso. O torcedor que não se iluda.

Finalmente, o São Caetano sai de último para penúltimo e deixa a lanterna com o Santo André que  nas contas da CBV décimo primeiro.      

O desserviço prestado pelos responsáveis pela elaboração da tabela confunde a cabeça do torcedor.

Na superliga a gente se vê obrigado a ler a tabela de trás pra frente e lidera a competição quem perde menos e não quem ganha mais.  

  

Por Bruno Voloch às 09h38

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.