Blog do Bruno Voloch

15/01/2011

Pretendido pelo São Paulo, Élton pode acabar no Botafogo

O São Paulo esteve perto de anunciar a contratação do atacante Élton.

O ex-jogador do Vasco e atualmente no Braga de Portugal, não acertou com o time paulista por questões financeiras.

O Botafogo, por indicação de Joel Santana, tem interesse em Élton.

A negociação está avançada e nas próximas horas Élton pode ser anunciado como novo reforço do Botafogo. O contrato seria de 2 anos.

Élton teria pedido luvas muito altas aos dirigentes do clube carioca. O Botafogo fez uma contraproposta considerada perto do ideal pelo procurador do atleta. 

Conforme o blog noticiou, o jogador Kieza foi oferecido ao Botafogo, mas o nome não agradou ao treinador Joel Santana.

      

Por Bruno Voloch às 13h06

Minuto de silêncio deveria ser obrigatório no fim de semana

Chega a ser comovente as imagens que chegam da região serrana do Rio de Janeiro.

Teresópolis e Nova Friburgo arrasados. Uma lástima, terrível, difícil de acreditar. O cenário é de guerra e destruição.

Fico imaginando a dor das pessoas que perderam familiares e amigos nessa verdadeira catástrofe. 

Mas como é bom saber que existem pessoas solidárias. De todos os cantos do Brasil.      

Atitudes marcantes e de dignidade partindo dos 4 grandes clubes do Rio, do Grêmio, Palmeiras, Guga, o vôlei de Osasco e do Rio de Janeiro, Fred, Petkovic, Daniel Carvalho e da prefeitura de Londrina.

No esporte especificamente esse fim de semana deveria ser de luto. Luto oficial. Sem jogos, sem atividades, sem nada.

Mas o país não pode parar. Existem interesses comercias e profissionais que falam mais alto.

Mas esse mesmo país pode expressar através do esporte sua solidariedade e respeito de outra maneira.. 

O minuto de silêncio deveria ser obrigatório em todos os estados, em todos os eventos esportivos independente da modalidade. 

Seria mais uma maneira de demonstrar o carinho com as vítimas dessa tragédia mundial.

Ainda dá tempo. Temos a abertura dos campeonatos paulista, gaúcho e alguns amistosos espalhados pelos estados. Jogos de vôlei, basquete e competições paralelas.

Um minuto de paz, de reza, de conforto para aqueles que mesmo com a dor e sem os parentes, terão que encontrar forças, não sei como, para sobreviver e reconstruir a vida.          

  

Por Bruno Voloch às 11h13

Vôlei Futuro está sem rumo e segue ladeira abaixo

Deu pena dos 2.000 torcedores de Araçatuba.

Fiéis como de hábito, eles fizeram uma festa bonita no Placido Rocha e não foram correspondidos como mereciam. Mais uma vez. Está virando rotina. 

Talvez essa derrota diante do Osasco tenha mostrado para esses torcedores a dura realidade e a distância enorme que separa o Vôlei Futuro dos times de ponta da superliga como Osasco, Rio e Pinheiros.

Osasco ganhou como e quando quis. Foi um 3 a 0 dos mais tranquilos e sem que o Vôlei Futuro oferecesse a menor resistência.

O torcedor de Araçatuba não deve se iludir. Esse time tem jogadoras de qualidade como Fabiana, Paula e Sykora, mas que parece um bando dentro de quadra.

A equipe não tem padrão de jogo e as jogadas são absolutamente previsíveis.

Vencer ou perder dá no mesmo e a fisionomia das jogadoras não muda em função do resultado.

Existe claramente algo de muito errado no Vôlei Futuro. O técnico William não joga, mas tem sua parcela de culpa.

Sofrer duas derrotas em casa por 3 a 0 e para adversários considerados diretos na briga pelo título é demais. 

Não é possível que a direção esteja satisfeita com os resultados. Embora a diretoria tenha dito abertamente que não faz questão de ganhar e que não existe cobrança para conquistas, duvido que os diretores estejam contentes.

Como admitir Paula Pequeno, líder e uma das estrelas do time, não estar em forma até agora ?

Estamos quase no final do primeiro turno e Paula simplesmente ainda não se apresentou. Será que ainda dá tempo ?

Ou melhor. Será que Paula ainda tem essa bola toda ?

Prefiro acreditar que sim. Ninguém desaprende a jogar de um dia para o outro. No caso dela, é apenas uma questão de motivação e condicionamento físico. Melhor pensar assim. Diante de Osasco, Paula fez míseros 7 pontos. Não dá.

A central Fernanda, sofrível, fez os mesmos 7 pontos de Paula. Quem explica isso ?  

E Joycinha ?

Talentosa demais e que também ainda não se encontrou. Está desconfortável em quadra.

Fabiana me parece a mais dedicada apesar das dificuldades das levantadoras em acertar o tempo de bola da central da seleção. É quase sempre a maior pontuadora do time e contra Osasco não foi diferente.

O torcedor de Araçatuba pode ver de perto o que falamos há muito tempo. O Vôlei Futuro formou um belo time no papel, mas na prática não funcionou e não vai funcionar. Esse time não vai longe e agora precisa se cuidar.

A equipe foi montada para ser campeã, mas falar em título é piada. A confiança sumiu e precisa ser resgatada.

Como ?

As jogadoras que ganham salários astronômicos deveriam responder. Elas que colocaram o time nessa situação, então elas que tratem de tirar. 

   

 

 

 

Por Bruno Voloch às 09h38

14/01/2011

Ronaldinho terá festa 'particular' e estreia será em fevereiro

Ronaldinho não deve estrear com a camisa do Flamengo diante do Vasco.

A idéia de alguns conselheiros do clube era promover o clássico de maior rivalidade no futebol carioca e fazer a estreia do jogador.

O jogo está marcado para o dia 30 no Engenhão.

A presidente do Flamengo pensa diferente.

Patrícia Amorim quer fazer uma festa 'particular' para o Flamengo e prefere que Ronaldinho faça seu primeiro jogo oficial num jogo de uma só torcida.

Patrícia não esconde que politicamente seria interessante Ronaldinho jogar somente em Fevereiro. O contrato com o atual patrocinador termina no fim de janeiro e em fevereiro o Flamengo já poderia estampar a marca do novo patrocinador.

Esse é o desejo de Patrícia Amorim. Assim será.

    

 

 

Por Bruno Voloch às 20h19

Kieza do Cruzeiro é oferecido ao Botafogo

O Botafogo segue em busca de reforços para a disputa do campeonato carioca.

O atacante Kieza, ex-Fluminense e que jogou a série B pela Ponte Preta, foi oferecido ao Botafogo.

Os direitos federativos do jogador pertencem ao Cruzeiro. Kieza não faz parte dos planos do técnico Cuca para a temporada 2011.

O empresário do jogador, Frederico Souza, já entrou em contato com Anderson Barros, gerente de futebol do Botafogo e aguarda uma resposta.

O técnico Joel Santana será consultado ainda nesta sexta-feira. 

O Botafogo conta no elenco com os atacantes Loco Abreu, Caio, Herrera e Alex. Edno voltou para o Corínthians e o clube busca mais um jogador para a posição.  

   

Por Bruno Voloch às 10h10

Rigoroso, STJD do vôlei suspende Jardel, Luzinho e Daniel

Mais 3 jogadores foram suspensos pelo STJD do vôlei.

Jardel da Cimed e Luizinho e Daniel do Vôlei Futuro pegaram dois jogos cada e vão desfalcar seus times nas próximas rodadas.

A confusão aconteceu na partida do dia 13 do mes passado.

Jardel ficará de fora dos jogos contra Montes Claros e Santo André.

Luizinho e Daniel vão perder as partidas contra São Caetano e Blumenau.

Jardel recebeu cartão amarelo no terceiro set por desrespeito na comemoração de um ponto.

No final do jogo, Jardel e Luizinho se desentenderam e quase brigaram. Os dois precisaram ser contidos pelos companheiros e seguranças.

O pior partiu do indisciplinado e brigão Daniel. Mesmo não estando relacionado para a partida, Daniel saiu da arquibancada e invadiu a área de jogo, indo em direção ao técnico da equipe do Florianópolis, Marcos de Melo Pacheco, desferindo empurrões contra o mesmo, sendo contido pelos seguranças presentes.

O Vôlei Futuro escapou da punição.

Por Bruno Voloch às 09h40

13/01/2011

Presidente, diretor e jogadores do Minas são suspensos pelo STJD

Saiu até barato, mas o STJD do vôlei fez bonito e condenou exemplarmente 3 jogadores do Minas, dirigentes e o próprio clube mineiro.

Os atos de indisciplina aconteceram durante e depois da partida contra o Vôlei Futuro de Araçatuba. O jogo terminou 3 a 2 para o time paulista e foi realizado em 18 de dezembro no MInas T.C.

Os jogadores Henrique e Tiago foram suspensos 4 jogos e Luiz Felipe pegou 2 jogos de suspensão.

O blog teve acesso ao que foi relatado na súmula pelos árbitros e delegado da CBV.

Após a partida, Luiz Felipe disse aos árbitros: 'Vocês tem que admitir que não podem fazer isto com a gente. Estão sempre nos prejudicando. Estão brincando com a gente, isso não pode ficar assim, aqui não é brincadeira. Vocês são horríveis, estão metendo a mão na gente, ladrões'.

Tiago, foi além: ' Vocês são safados'.

O presidente do Minas, Sérgio Coelho, e o diretor Geraldo Pedrosa também xingaram os árbitros. Eles chamaram os dois de 'otários' e disseram para que ele 'relatassem tudo em súmula que não seriam punidos'.

Sérgio Coelho e Pedrosa foram suspensos por 45 e 90 dias, mais multas de R$ 5mil e R$ 10 mil, respectivamente.

O Minas perdeu dois mandos de quadra.

 

Por Bruno Voloch às 21h46

12/01/2011

Petkovic se solidariza com a tragédia na região serrana do Rio de Janeiro

Momentaneamente 'desempregado', o jogador Petkovic faz campanha para ajudar as vítimas das fortes chuvas que caíram na região serrana do Rio de Janeiro.

Petkovic é propietário de uma pizzaria na zona oeste da cidade e disse que o local reservou uma área para que as pessoas possam entregar mantimentos para os necessitados.

Fora isso, Pet também disponibilizou uma conta bancária para os interessados em ajudar as vítimas. As informações da conta corrente estão no twitter do jogador.

Petkovic não está nos planos do Flamengo e foi dispensado pelo técnico Vanderlei Luxembrugo.  

Por Bruno Voloch às 22h24

Odintsovo de Walewska é derrotado em casa e deixa Champions League

O Odintsovo da campeã olímpica Walewska dependia de uma simples vitória diante do Muszyna da Polônia para se classificar na Champions League.

Mas o time russo decepcionou seus torcedores. A equipe chegou a abrir 2 a 0 com 25/19 e 25/18 e tudo parecia caminhar para uma vitória tranquila do Odintosvo. Parecia.

Comandado pela atacante Agnieszka Jagiello que fez 22 pontos, o Muszyna reagiu, empatou o jogo e venceu o tie-break por 15/11.

Walewska teve boa atuação, jogou os 5 sets e marcou 15 pontos.

O resultado deixou o Odintsovo com 9 pontos ao final da segunda fase. O Muszyna também ficou com 9, mas conseguiu a vaga nos critérios de desempate.

O VakifGunes da Turquia terminou como líder do grupo com 16 pontos. 

Apesar da terceira colocação ainda resta uma pequena esperança ao Odintsovo. O time russo pode ser convidado para jogar as finais como um dos melhores terceiros colocados. O convite depende do local que será escolhido para o final four.   

Por Bruno Voloch às 14h20

Atual bicampeão da Champions League, Bergamo perde e está fora da competição

Acabou o sonho do Bergamo de tentar conquistar o tricampeonato da Champions League.

Jogando em casa, o time perdeu de 3 a 0 para o Fenerbahçe da Turquia e terminou a fase com apenas 6 pontos na terceira colocação do grupo B.

O time italiano tinha a obrigação de vencer para continuar com chances de classificação. O Bergamo contou com as presenças de Piccinini, Ortolani, Merlo, Bosetti, Arrighetti e a búlgara Vasileva, mas mesmo assim não resitiu. As parciais foram de 25/13, 25/23 e 25/19.

O treinador José Roberto Guimarães usou todas as estranegeiras pelo Fernerbahçe e Osmokrovic foi a maior pontuadora com 14 pontos.

O Fenerbahçe terminou na liderança do grupo com 15 pontos, mesma pontuação do Dínamo de Moscou que fez 3 a 0 no Zok Split da Croácia.

Fenerbahçe e Dínamo seguem na briga pelo título.  

 

Por Bruno Voloch às 13h48

11/01/2011

Ronaldinho chega, mas Leonardo Moura será o capitão do time do Flamengo

Leonardo Moura será o capitão do Flamengo para o campeonato carioca e a Copa do Brasil.

A decisão já foi tomada pelo técnico Vanderley Luxemburgo e independe da presença de Ronaldinho Gaúcho no time. 

Leonardo Moura esteve para ser negociado no fim do ano passado. O Internacional tinha interesse na contratação do jogador, mas Léo renovou com o Flamengo até 2012.  

A expectativa é que Ronaldinho e Thiago Neves se apresentem ao técnico Vanderley Luxemburgo até a próxima sexta-feira em Londrina.

A pré-temporada do Flamengo termina no dia 17.

Por Bruno Voloch às 18h17

Assis ouviu novamente 'não' do Grêmio antes de Ronaldinho assinar contrato

O final da novela é de conhecimento geral.

O Flamengo anunciou a contratação de Ronaldinho Gaúcho e o jogador fica no clube até meados de 2014.

Mas os capitulos finais não foram divulgados na íntegra e o blog teve acesso a informações interessantes.

Ainda abalados pela situação constrangedora, alguns representantes de Assis, tentaram por duas vezes falar com o presidente do Grêmio Paulo Odone no domingo e também na segunda-feira.

Nas duas oportunidades, não foram antendidos e nem obtiveram retorno.

Era apenas aparente a tranquilidade de Assis na tarde de ontem no Rio de Janeiro de chinelinho na porta do hotel. 

Sem alternativa, o próprio Assis no dia de ontem ligou para Paulo Odone. Ouviu do presidente que o clube gaúcho estava fora da negociação e que não havia a menor possibilidade de voltar atrás em respeito aos torcedores e a tradição do Grêmio.    

 

Por Bruno Voloch às 13h48

Conselheiros e sócios comemoram a não contratação de Ronaldinho

Festa no Rio, festa em Porto Alegre.

Enquanto os dirigentes e torcedores do Flamengo comemoraram eufóricos a chegada de Ronaldinho Gaúcho, sócios e conselheiros do Grêmio seguiram o mesmo caminho.

Cerca de 40 pessoas se reuniram em uma churrascaria no centro de Porto Alegre para festejar os insucessos na tentativa de repatriar o craque.

Sócios e conselheiros do Grêmio estenderam uma faixa no local 'agradecendo' a decisão de Assis e de Ronaldinho Gaúcho.

A faixa dizia: No clube do coração, traíra não.

Por Bruno Voloch às 10h43

10/01/2011

Ex-técnico da seleção masculina pede demissão na Itália

Radamés Lattari, treinador que dirigiu a seleção brasileira masculina na olimpíada de Sidney em 2000, não trabalha mais no vôlei da Itália.

O técnico comandava o modesto Castellana Grotte e pediu demissão do cargo após a equipe sofrer a décima primeira derrota na competição para o Perugia do oposto Lorena.

No último fim de semana, Radamés ainda esteve à frente do time quando o Castellana perdeu de 3 a 0 para o Treviso.

Os brasileiros Evandro e Bob atuam pelo Castellana.

O Castellana Grotte é o penúltimo colocado com apenas 4 pontos em 13 partidas.

O Trentino dos brasileiros Rapha e Riad lidera o italiano com 38 pontos. O Cuneo é o segundo com 30 pontos.

 

 

Por Bruno Voloch às 20h35

Fernanda Garay faz quase 50 pontos no fim de semana no Japão

24 pontos no sábado e mais 24 pontos no domingo.

Esse foi o desempenho da brasileira Fernanda Garay no fim de semana no Japão.

O NEC, time de Fernanda, perdeu no sábado por 3 a 0 para o JT Marvelous. Apesar do resultado negativo, a jogadora foi a maior pontuadora do NEC.

No domingo a história foi diferente. O NEC se recuperou e com mais 24 pontos de Fernanda, venceu Pioneer Red Wings por 3 a 0.

Com os resultados da quinta rodada, o NEC assumiu a quinta colocação. Em 10 jogos, o time venceu 5 e perdeu outras 5 partidas.

Nos dias 15 e 16 o NEC volta a atuar. Dia 15 o time enfrenta o Toyota Bud e no dia seguinte encara o forte Toray Arrows de Araki e Kimura, duas jogadoras da seleção japonesa.      

Por Bruno Voloch às 17h26

Brasileira 'desconhecida' é destaque na reabertura do campeonato italiano

O modesto Urbino venceu o Piacenza por 3 a 0 na reabertura do campeonato italiano após as festas de fim de ano.

O nome do jogo foi a brasileira Jaline que marcou 17 pontos. Reserva, a jogadora teve poucas chances de jogar essa temporada. Antes da partida, o treinador Francois Salvagni surpreendeu e decidiu dar uma oportunidade para Jaline. A oposta foi escalada desde o início e não decepcionou.

Renatinha, ex-Osasco e Rio de Janeiro, ficou no banco e asistiu o Urbino vencer com tranquilidade o Piacenza com as parciais de 25/13, 25/19 e 25/18.

O resultado deixa o Urbino na sétima posição com 8 pontos. O Piacenza é o penúltimo. 

O líder do italiano é o Busto Arsizio que fez 3 a 1 no Pavia e alcançou os 15 pontos.  

O Pesaro, atual campeão, segue decepcionando. Jogando fora de casa, o Pesaro perdeu de 3 a 0 para o fraco Novara e despencou para quinto com 11 pontos.

O quarto lugar agora é do Bergamo que suou para derrotar no tie-break o Perugia.

Ainda sem poder contar com a levantadora Berg, o Villa Cortese passou pelo Modena por 3 a 2. Aurea Cruz de Porto Rico fez 26 pontos e o Villa é vice-líder com 14 pontos. 

  

Por Bruno Voloch às 09h58

No retorno de Érika, Galatasaray perde e cai para o sétimo lugar

O fim de semana foi de vitória particular para a brasileira Érika na Turquia.

Pouco mais de um mes após ter lesionado o joelho e sido submetida a uma artroscopia, Érika voltou às quadras defendendo o Galatasaray.

No jogo, o Galatasaray não foi bem. O time sofreu nova derrota, dessa vez para a forte equipe do Eczacibasi por 3 a 0 e caiu para a sétima posição.

Érika esteve em quadra os 3 sets e colaborou com 11 pontos.

O resultado deixou o Eczacibasi na liderança do campeonato turco com 24 pontos. O time de Darnel, Francia e Del Core não perdeu nenhum jogo no campeonato e roubou provisoriamente a primeira colocação do Fenerbahçe que tem um jogo a menos e folgou na rodada.

 

   

Por Bruno Voloch às 09h26

09/01/2011

Família de Ronaldinho deve se mudar para Florianópolis

Se o desfecho da negociação de Ronaldinho Gaúcho com o Grêmio trouxe sérias consequências para a imagem do jogador, a família do atleta começa a sentir os primeiros efeitos da maneira desastrosa como Assis conduziu a história.

Os familiares de Ronaldinho pensam em deixar a cidade de Porto Alegre.

A praia de Jurerê em Florianópolis deve ser o novo endereço da família Assis.

Boa parte dos parentes de Ronaldinho Gaúcho já mora na região.    

 

Por Bruno Voloch às 17h27

Mesmo sem documento assinado, Assis armou o circo e brincou com os palhaços

Agora foi a vez do Palmeiras pular fora e abrir mão de Ronaldinho Gaúcho.

Antes, no dia anterior, o Grêmio numa atitude exemplar, fizera o mesmo. 

A pergunta que fica no ar é a seguinte ?

Se Grêmio e Palmeiras estavam se sentindo enganados por Assis, não deveriam ter tomado essa decisão há mais tempo ?

Claro que sim.

O Grêmio só decidiu se pronuciar na tarde de sábado. Como Ronaldinho e seu irmão voltaram atrás novamente na sexta-feira a noite, deveria o Grêmio ter desistido oficialmente do negócio na manhã de sábado, antes do Flamengo supostamente acertar com Galliani.

Teria saído por cima.

Acho que a atitude do presidente do clube foi absolutamente correta. Digna de aplausos.

Não dá sinceramente para ser feito de otário um homem naquela posição e dirigindo um clube do tamanho do Grêmio.

O Grêmio errou ao confiar novamente em Assis.

Quem é Assis ou quem foi Assis ?

O Grêmio engoliu por Ronaldinho e pelo que poderia representar seu retorno ao clube que o revelou.

Mas o Grêmio demorou para perceber que estava tratando com um profissional sem palavra e sem crédito no mercado. Errou nesse aspecto.

O Palmeiras acordou e desisitu oficialmente também.

Nesse caso, o presidente Beluzzo deu uma satisfação aos seus torcedores e em sinal de respeito a grandeza do Palmeiras, agiu bem.

Assis está perdido.

Fez um enorme leilão do irmão, brincou de gato e rato com os clubes e iludiu milhões de torcedores.

Será que Ronaldinho precisava disso ?

Lógico que não.

A bola não é mais a mesma dos tempos de Barcelona, mas seu talento é indiscutível.

O que se discute é o comprometimento e a seriedade com os projetos envolvidos. Sua imagem está altamente desgastada por causa do irmão.

A humilhação que Assis fez passar os companheiros de profissão na coletiva da semana passada no Rio é inaceitável.

Triste ver as pessoas compactuando com esse rapaz. 

A palavra vale para poucos, Assis.

Fico pensando como o Flamengo se sente nesse momento.

Como confiar na palavra de um cara que disse ainda na tarde de sábado que não havia nada de concreto com o clube ?

O segredo é não confiar. O segredo é não dar crédito.

Me lembro bem que no ano passado alguns jornalistas usaram nariz de palhaço para protestar contra Felipão antes do Palmeiras jogar contra o Goiás em Barueri.

O ato aconteceu em represália ao comportamento agressivo de Felipão no jogo anterior do clube contra o Atlético Mineiro.

Jornalistas e principalmente os dirigentes de Grêmio, Palmeiras e até do Flamengo foram feitos de palhaços.

O circo ?

Esse, foi armado por Assis, sem documento assinado, carimbado ou reconhecido.  

 

 

      

Por Bruno Voloch às 12h17

Político e com Giba inspirado, Pinheiros ainda dá sinais de falta de comando

A boa vitória contra Montes Claros serviu para aliviar o ambiente no Pinheiros.

Os jogadores e principalmente o treinador Mauro Grasso estavam muito pressionados e o resultado positivo deve acalmar temporariamente os ânimos no clube.

Temporariamente.

O time ainda dá claros sinais de desconforto e falta de comando. O que se viu no segundo tempo técnico do quarto set não pode ser considerado normal.

Jogador dando bronca no técnico ?

Não pode.

Existe uma clara inversão de papel nesse caso.

Gustavo não gostou e com razão de ser sido chamado atenção na frente dos companheiros pelo treinador que pedia mais disposição. Reclamou com veemência e Mauro de imediato 'retirou a queixa' após rápida e gritante discussão.

O líbero Polaco foi escalado como titular. Resta saber se jogou porque a direção do clube quis dar uma resposta ao central Rodrigão, dispensado recentemente, ou porque realmente está tecnicamente melhor que Felipe.

Rodrigão disse ao deixar o clube e ser acusado de agenciar jogadores, que apenas o líbero Felipe tinha sido indicado por ele. Coincidência ou não, Felipe foi titular no jogo contra São Caetano antes do natal. Contra Montes Claros, não esteve em quadra na primeira partida oficial após as acusações públicas.

Só o tempo poderá responder essa questão. Se deixou Felipe de fora, politicamente o Pinheiros agiu como manda a lei. Fez certo. 

Em quadra, Giba foi o grande nome da vitória contra Montes Claros. Marcou 28 pontos, assumiu a postura de líder da equipe e cresceu no quinto set após o time sentir o golpe nos sets anteriores.

A arbitragem cometeu um grande erro no mesmo quinto set num ataque de Giba. Incrivel como ninguém viu Giba invadir. Erro grotesco e absurdo de Flávio Campos. Isso sem falar na rede de Gustavo. Foi péssimo.

Vinhedo jogou pouco, mas deverá ser útil pela sua experiência. Gustavo apareceu bem e os ponteiros foram instáveis.

Montes Claros fez um jogo muito parecido com o anterior quando perdeu para o Sesi por 3 a 2. Reagiu tarde demais e não conseguiu manter a regularidade no quinto set.

Talmo alterou muito bem a equipe e a entrada de Alemão deu sobrevida ao time a partir do terceiro set. Destaco a boa atuação novamente de Bruno Zanuto e o esforçado Manius.   

É cedo, mas apesar das duas derrotas, Montes Claros tem tudo para estar entre os 4 semifinalistas da competição.

O Pinheiros segue sendo uma incógnita e distante de ser confiável.

 

Por Bruno Voloch às 09h00

Sobre o autor

Carioca, tem mais de 20 anos de profissão. Iniciou a carreira na extinta TV Manchete em 1988. Foram 6 anos até ser contrato pela Band Rio em 1994. No ano seguinte estava no Sportv/Globo onde foi idealizador e apresentador do programa Supervolley. Atuou como repórter de 1995 até 2003, e participou da cobertura dos campeonatos brasileiros de 1995 a 2003 em jogos ao vivo. Em 2004 se transferiu para o Bandsports, onde criou e comandou os programas "Roda de vôlei "e Linha de 3". Foi apresentador e comentarista de vôlei e basquete do canal. Em 2008 acumulou a função de diretor de jornalismo até setembro de 2009. De 2007 até 2009 foi colunista da rádio Bandnews FM do Rio e trabalhou nos jornais Lance e Jornal dos Sports. Participou da cobertura de 3 Copas do Mundo, 3 Olimpíadas e das últimas 3 últimas edições do Pan. Hoje é colunista do Jornal do Brasil e comenta futebol para a Bandnews FM/Rio de Janeiro e rádio Terê FM/Rio de Janeiro. É especialista em vôlei.

Sobre o blog

Opinião e informação sobre o que de mais relevante ocorre no vôlei no Brasil e no mundo.

Histórico

© 1996-2009 UOL - O melhor conteúdo. Todos os direitos reservados.